provas

Sabadistas farão o Enem a partir das 19h

O Enem tem cerca de 7,1 milhões de inscritos e as provas serão aplicadas em 1.161 municípios, em mais de 15 mil locais de prova

Da Agência Brasil
Da Agência Brasil
Publicado em 25/10/2013 às 17:50
Leitura:

Brasília – Neste sábado (26), primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), quando os portões se fecharem, às 13h, no horário de Brasília, 90,2 mil estudantes vão permanecer isolados sem começar o exame até as 19h. São os sabatistas, que guardam o sábado por convicção religiosa, o que significa que só trabalham ou estudam após o pôr do sol.

São sabatistas, por exemplo, os adventistas e os judeus. Eles devem chegar para a prova no mesmo horário dos demais estudantes, porém, ficam em uma sala aguardando o horário em que podem começar a avaliação. No domingo, os sabatistas fazem a prova no horário normal.

O estudante Pedro Felipe Ribeiro, morador do Distrito Federal, tem 17 anos, é adventista e está entre o grupo que vai fazer a prova do Enem em horário diferenciado. Ele conta que teve experiência semelhante quando fez a prova do Programa de Avaliação Seriada (PAS) da Universidade de Brasília (UnB), que é uma modalidade alternativa de acesso ao ensino superior e aproveitou a espera para descansar.

“Quando eu fiz o PAS ficamos em uma sala, deixaram eu levar travesseiro e podemos ficar deitados descansando a tarde. Creio que dessa vez será semelhante. No sábado, vamos esperar para fazer nossa prova e como a outra prova é no domingo, nós vamos fazer normalmente”, disse.

O integrante da diretoria da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Distrito Federal, Manolo Damasio, explica que a guarda do sábado pelos adventistas ocorre em função da recomendação bíblica de que o sábado não deve ser usado em proveito próprio, com atividades como o trabalho, mas sim com a finalidade de ajudar o semelhante. “Muita gente acha que ficamos em inatividade no sábado, mas é apenas em inatividade relacionada ao proveito próprio. Usamos o sábado para atender ao semelhante”, explica.

Manolo Damásio esclarece ainda que, biblicamente, o dia começa e termina com o pôr do sol, por isso, após o pôr do sol de sábado o dia acaba e os candidatos do Enem podem iniciar a prova.

O Enem tem cerca de 7,1 milhões de inscritos e as provas serão aplicadas em 1.161 municípios, em mais de 15 mil locais de prova. Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Em 18 estados, o horário está diferente do da capital federal e os estudantes precisam acertar o relógio.

Últimas notícias