MANIFESTAÇÃO

Guardas Municipais fazem protesto em frente à prefeitura

A categoria luta por melhores condições de trabalho e por aumento de salário

Aline Souza
Aline Souza
Publicado em 04/08/2011 às 11:32
Leitura:

Guardas Municipais do Recife se reuniram em um protesto em frente à prefeitura na manhã desta quinta-feira (4). A categoria luta por melhores condições de trabalho e por aumento de salário, proposto incialmente pela prefeitura em 4%. Eles pedem, no mínimo, a reposição da inflação do período que é cerca de 7%.

Em assembleia, realizada após a manifestação, categoria e prefeitura não chegaram a um acordo, e decidiram entrar em operação-padrão a partir da próxima quarta-feira (10). A decisão significa que durante o período as multas serão "aliviadas" pelos agentes.

De acordo com o presidente da Associação dos Guardas Municipais do Recife, Alexandre Fook, "Fizemos uma assembleia hoje e não avançamos muito nas negociações. Então decidimos optar pela continuidade da operação-padrão dos Guardas Municipais, que deve começar na próxima quarta. Amanhã iremos entregar um documento para a presidência da CTTU e para a Secretaria de Serviços Públicos sobre a operação para formalizar a ação."

Ainda segundo Alexandre, "Vamos fazer uma nova assembleia e caso não consigamos resolver no diálogo, poderemos optar por uma greve de advertência de 24h."

O presidente também esclareceu que a operação-padrão é aquela que a população nao vai sofrer os efeitos, e sim a prefeitura. As fiscalizações vão ser feitas, mas haverá diminuição. "Não deixaremos de notificar, mas vamos fazer menos. Vamos bater mais na questão de orientação aos condutores e não de multas."

A Guarda Municipal atua nos seguimentos de trânsito, ambiental e patrimonial.

Ouça a reportagem do repórter Rafael Carneiro/Rádio Jornal:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias