Imbiribeira

Protesto para Mascarenhas de Morais

Centenas de pessoas fecharam a pista e queimaram entulhos próximo à Faculdade Universo, no sentido Recife

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 04/08/2011 às 22:11
Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
FOTO: Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Leitura:

Um protesto tomou conta da Mascarenhas de Morais, Imbiribeira, Zona Sul do Recife, na noite desta quinta-feira (4). Centenas de pessoas fecharam a pista e queimaram entulhos próximo à Faculdade Universo, no sentido Recife. Os veículos estão desviando pela paralela.

Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Protesto para a avenida Mascarenhas de Moraes - Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Protesto para a avenida Mascarenhas de Moraes - Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Protesto para a avenida Mascarenhas de Moraes - Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Protesto para a avenida Mascarenhas de Moraes - Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Protesto para a avenida Mascarenhas de Moraes - Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Foto: Clemilson Campos/JC Imagem
Protesto para a avenida Mascarenhas de Moraes - Foto: Clemilson Campos/JC Imagem

A mobilização pede mais atenção à comunidade Cafesópolis. No manhã desta quinta (4), um acidente com um ônibus deixou o local sem energia elétrica. Além disso, os moradores afirmam que estão sem água há 17 dias.

A assessoria de imprensa da Companhia Pernambucana de Saneamento(Compesa) informou que o motivo da falta de água foi uma paralisação de 17 dias do Sistema Pirapama, que abastece a área. De acordo com o órgão, o fornecimento deve ser normalizado a partir de hoje. Além disso, garantiu que vai acompanhar o caso específico da comunidade Cafesópolis.

Por volta das 23h, técnicos da Celpe chegaram ao local e o fornecimento de energia elétrica foi restabelecido.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias