DETERMINAÇÃO

Sucata de carro será reciclada

A partir de agora apenas as siderúrgicas poderão comprar carcaças de veículos abandonados para transformá-las em aço

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 05/07/2012 às 13:52
Leitura:

Com a frota do Estado superior a dois milhões de veículos, outro problema surge na cidade além dos engarrafamentos: os carros abandonados. Só no pátio do Detran há atualmente 4.156 automóveis, entre apreendidos e recolhidos das ruas. Agora, essa montanha de mais de 4 milhões de quilos vai retornar a sua forma original, o aço. Depois de uma portaria, publicada no Diário Oficial do Estado, a reciclagem se tornou o novo destino dessa sucata. A partir deste mês apenas as empresas de siderurgia poderão comprar as carcaças.

Antes da portaria, qualquer pessoa podia participar dos leilões públicos e comprar partes dos veículos. “Na verdade, o que fazíamos era vender a sucata e o comprador fazia dela o que quisesse, desmanchava ou vendia as peças. No entanto, essa era uma prática que alimentava o mercado irregular. Com essa portaria, os veículos sem condições de serem usados serão reciclados”, explicou o coordenador-executivo do Detran em Pernambuco, Fernando Nunes. A prática incentiva um método chamado logística reversa, ou seja, os produtos após cumprirem sua utilidade voltam à condição de matéria-prima. “A atitude é pioneira no Nordeste, apenas o Rio Grande do Sul desenvolve a técnica.”

 

Leia mais na edição do JC desta quinta-feira (5)

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias