PROJETO

Obra no Jiquiá será retomada

Segunda etapa de construção do parque científico e cultural começa antes do Carnaval com restauração dos paióis

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 29/01/2014 às 5:58
Leitura:

O Parque Científico e Cultural do Jiquiá, no bairro de mesmo nome, na Zona Oeste do Recife, terá sua segunda etapa de obras iniciada antes do Carnaval. Os selecionados para o curso de auxiliar de restauração do espaço ficarão responsáveis pela restauração das ruínas dos sete paióis (depósitos de pólvora e outros explosivos usados na Segunda Guerra Mundial) existentes no local. O prazo de conclusão dessa etapa está previsto para junho deste ano.

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Planejamento Urbano, a turma tem 30 alunos, que serão assistidos por professores especializados. Eles poderão também se tornar monitores do parque, com 54,5 hectares de área verde, boa parte deles inseridos nos limites da Área de Proteção Ambiental do Campo do Jiquiá.

Até o momento, a única etapa concluída foi a restauração da Torre do Zeppelin - construída em 1930 para atracação do dirigível -, no final do primeiro semestre do ano passado. É a única existente no mundo.

Segundo a secretaria, o próximo passo será a construção da sede administrativa do parque, que inclui a criação de dois telecentros para uso da população (cujas obras começam em setembro) e das praças de acesso à área verde. Serão duas, voltadas para bairros diferentes: Estância e Mangueira (a primeira com início da execução previsto para junho e a segunda, agosto).

Leia matéria completa na edição desta quarta-feira(29) do Jornal do Commercio

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias