aeroporto do recife

Policiais federais fazem ''algemaço'' contra situação do órgão

Agentes alegam sucateamento da estrutura, efetivo insuficiente e congelamento salarial.

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 07/02/2014 às 17:44
Foto: Sindpef/PE
Agentes alegam sucateamento da estrutura, efetivo insuficiente e congelamento salarial. - FOTO: Foto: Sindpef/PE
Leitura:

Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal (PF) realizaram um protesto nesta sexta-feira no Aeroporto Internacional do Recife, no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul. Eles alegam sucateamento da estrutura do órgão e queixam-se contra o efetivo insuficiente e o congelamento salarial.

A manifestação, denominada “Algemaço”, contou com cerca de 30 profissionais no Recife, que penduraram as algemas em painéis. O ato aconteceu em todas as capitais do país e foi organizado pela Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef).

O presidente do Sindicato dos Policiais Federais de Pernambuco (Sinpef/PE), Marcelo Pires, disse que o principal motivo da reivindicação é a incompatibilidade do salário com o nível exigido para o exercício da profissão.

“Só ingressamos na área com nível superior, mas estamos recebendo um salário que é pago a quem desenvolve tarefas de nível médio. Ou seja, nossa remuneração está achatada. Além disso, o governo parou de dar aumento à categoria há sete anos”, destacou.

Outras mobilizações semelhantes já estão previstas. Os trabalhadores aprovaram em assembleia paralisações nos dias 11, 12 e 13. E a possibilidade de greve.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias