proteção

Força Nacional de Segurança começa a atuar na manhã desta quinta

A quantidade de homens não foi divulgada por motivo de segurança, mas sabe-se que o primeiro grupo veio de Alagoas

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 15/05/2014 às 7:32
Foto: Guga Matos/JC Imagem
A quantidade de homens não foi divulgada por motivo de segurança, mas sabe-se que o primeiro grupo veio de Alagoas - FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 8h36

Agentes da Força Nacional de Segurança do Exército desembarcaram no Recife por volta das 4h desta quinta-feira (15) para atuar na proteção do Estado por ocasião da ausência dos policiais militares, que estão em greve desde a terça-feira (13). A quantidade de homens não foi divulgada por motivo de segurança, mas sabe-se que o primeiro grupo veio de Alagoas e deverá atuar em parceria com o Exército local e policiais da Companhia Independente de Operações e Sobrevivência (Ciosac), que veio de Custódia. A expectativa é de que as Forças Armadas comecem a agir às 10h.

Todos os militares que foram acionados estão reunidos no Cemep, na BR-232, no bairro do Curado, em Jaboatão dos Guararapes, decidindo o plano de ação. Além do grupo desta manhã, o Governo de Pernambuco aguarda uma segunda leva de agentes da Força Nacional de Segurança que devem chegar ainda no início da tarde.

Segundo a assessoria de imprensa do Comando Militar do Nordeste, a tropa está aguardando o amparo legal que será despachado pelo Governo Federal autorizando a atuação das Forças Armadas no Grande Recife.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, virá ao Recife acompanhado de um general que foi designado para comandar a atuação do Exército na capital pernambucana. O ministro terá reunião com o governador João Lyra Neto.

Há informações de que a Ciosac já teria atuado na noite da última quarta-feira (14) em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para reprimir a onda de saques que tomou o Centro de Abreu e Lima, no Grande Recife. Dezenas de pessoas foram detidas por furto e desordem.

Últimas notícias