Chamas

Incêndio destrói dois barracos na Avenida Recife

Por não ter ninguém no local no momento do incêndio, não houve registro de vítimas devido às chamas

Carolina Sá Leitão
Carolina Sá Leitão
Publicado em 05/09/2014 às 20:11
Foto: Thiago Lajes / Cortesia
Por não ter ninguém no local no momento do incêndio, não houve registro de vítimas devido às chamas - Foto: Thiago Lajes / Cortesia
Leitura:

Atualizada às 21h40

Dois barracos, localizados na Avenida Recife, na Imbiribeira, Zona Sul do Recife, foram incendiados no início da noite desta sexta-feira (5). As construções estavam desocupadas quando o fogo teve início. As chamas foram controladas por viaturas da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e duas viaturas de médio porte do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local para cuidar do rescaldo.

De acordo com o Cabo Almir França, do Corpo de Bombeiros, o incêndio levou 40 minutos e aproximadamente 4 mil litros para ser controlado. Por não ter ninguém no local no momento do incêndio, não houve registro de vítimas devido às chamas. O dono de uma das habitações, Sérgio da Silva, morava na comunidade havia três meses com sua esposa e quatro filhas. Ele afirmou que não sabia como ele e sua família iria dormir, já que não tinham outro lugar para ir.

O morador do outro barraco atingido, Antônio Ferreira, estava voltando para casa quando viu sua casa pegando fogo e, assim como Sérgio, não teria onde passar a noite, já que sua família do interior. Em ambos os casos, os moradores perderam documentos, móveis e eletrodomésticos. Um morador da comunidade afirmou que vai levar as famílias atingidas para um barraco para que possam passar a noite.

As suspeitas é de que o fogo tenha origem no excesso de gambiarras na rede elétrica, mas de acordo com moradores, não tinha energia no momento do ocorrido. Segundo a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), havia energia na hora do ocorrido. Ainda segundo a Celpe, as ligações clandestinas já tinham sido removidas no último dia 27, mas foram refeitas. A Defesa Civil foi para a comunidade fazer uma vistoria e vai retornar ao local para cadastrar as famílias em programas sociais de habitação.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias