Terceirizados

Mais 70 homens para reforçar a segurança no metrô do Recife

Os novos contratados começam a atuar no dia 15, totalizando 310 terceirizados na segurança do metrô

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/09/2015 às 6:20
 Ithallyne Marques/TV Jornal
Os novos contratados começam a atuar no dia 15, totalizando 310 terceirizados na segurança do metrô - FOTO: Ithallyne Marques/TV Jornal
Leitura:

Setenta novos seguranças terceirizados vão reforçar a fiscalização das 29 estações do metrô do Recife, a partir do próximo dia 15. Conforme a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), a medida foi adotada diante das constantes investidas de criminosos a trens e estações. Já são mais de cem roubos e furtos este ano. O último caso ocorreu ontem, quando ladrões tomaram o celular de uma passageira que descia na Estação Werneck, Zona Oeste do Recife, e seguiram para a de Santa Luzia, onde teriam feito novas investidas. A notícia de assaltos se espalhou, gerando tumulto entre os passageiros.

Com os novos contratados, sobe para 310 o número de seguranças terceirizados atuando no metrô. Eles se somam a 105 policiais ferroviários. “Esperamos melhorar a situação. Mas continuamos trabalhando para firmar convênio com a Polícia Militar e aguardando a contratação de 155 concursados aprovados, bem como a elucidação desses assaltos por parte da polícia, pois até agora só há um menor apreendido”, afirma o assessor de comunicação da CBTU-Recife, Salvino Gomes.

Ontem, os ladrões pularam as catracas em Werneck por volta das 12h30, na troca de vigilantes. “Eles estavam sem camisa e aparentemente drogados. Tomaram o celular da mulher que descia e entraram no vagão, seguindo para Santa Luzia, onde desceram, atravessaram a plataforma e tentaram roubar outra pessoa, voltando para Werneck”, conta Salvino.

A repórter da TV Jornal Ithallyne Marques estava no primeiro trem que o grupo entrou. "Eu estava perto ao maquinista quando as pessoas começaram tumultuar e querer sair do vagão", conta. Ninguém foi preso.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias