PENITENCIÁRIAS

Detento é morto em tentativa de resgate no Presídio de Igarassu

O homem foi atingido por disparos de arma de fogo. Seis detentos também ficaram feridos

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 19/03/2016 às 17:15
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
O homem foi atingido por disparos de arma de fogo. Seis detentos também ficaram feridos - FOTO: Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Leitura:

Um detento morreu na tarde deste sábado (16) após um grupo tentar resgatá-lo do Presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Secretária Executiva de Ressocialização (Seres), Alex José Trajano Dantas morreu após ser atingido por disparos de arma de fogo efetuados por policiais militares e agentes penitenciários que conseguiram impedir a fuga. Outras seis pessoas também ficaram feridas durante a ação.

Segundo nota enviada à imprensa pela Seres, a Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada e está apurando as circunstâncias do fato. Ainda não há informações sobre quantas pessoas tentaram resgatar o presidiário. Alex já esteve envolvido em outra confusão quando cumpria pena no Complexo Prisional do Curado em janeiro de 2015.

No último dia 20 de Janeiro, a penitenciária Barreto Campelo, na Ilha de Itamaracá, município próximo a Igarassu, teve um de seus muros explodidos por cerca de 53 presidiários, que conseguiram fugir do local.

No mesmo mês, no Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife, mais uma fuga em massa foi registrada no estado. Cerca de 30 presos conseguiram fugir do Complexo após também explodirem um muro.

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Miguel Arraes, no município de Paulista.

 

 

 

 


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias