MÚSICA

Orquestra Criança Cidadã promove campanha para financiar viagem a Nova Iorque

Orquestra do Recife vai se apresentar em evento da ONU que celebrará os 70 anos da Unicef, em dezembro

Da Editoria de Cidades
Da Editoria de Cidades
Publicado em 12/09/2016 às 8:31
Foto: Leandro Lima/Divulgação
Orquestra do Recife vai se apresentar em evento da ONU que celebrará os 70 anos da Unicef, em dezembro - FOTO: Foto: Leandro Lima/Divulgação
Leitura:

A Orquestra Criança Cidadã foi convidada para se apresentar em Nova Iorque, no plenário das Nações Unidas, no evento de comemoração dos 70 anos da Unicef, que acontecerá em dezembro deste ano. Para viabilizar a participação no encontro, está sendo feita uma campanha de financiamento coletivo na internet para ajudar a custear a ida do grupo aos Estados Unidos. Com mais de 50 integrantes, a orquestra precisa arrecadar R$ 145 mil. O valor será destinado para compra das passagens aéreas do grupo.

Segundo a página da campanha na internet, a possibilidade de tocar para presidentes, reis, rainhas e primeiros-ministros do mundo inteiro, em um evento da ONU, é uma oportunidade única e um sonho para os jovens carentes que integram a orquestra. Com 10 anos de atividade, o grupo já participou de outros eventos internacionais.

PROJETO

A primeira vez foi no aniversário da cidade de Kassel, na Alemanha, em 2011. Já em 2014, a orquestra apresentou para o papa Francisco, no Vaticano, e para o então primeiro-ministro português Pedro Passos Coelho. Em 2015, voltou a Roma para gravar o álbum (DVD + CD) Concertos de Bach para violino e orquestra, com a violinista japonesa Yoko Kubo.

O projeto foi criado em 25 de julho de 2006 pelo desembargador aposentado Nildo Nery, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, e o juiz-corregedor João José Targino, por meio da Associação Beneficente da Criança Cidadã (ABCC). Para contribuir com a campanha acesse o link.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias