Noronha

Porto de Santo Antônio, em Noronha, ganha novo ordenamento

O procedimento contou com a organização de barcos desativados e remoção de entulhos

JC Online
JC Online
Publicado em 09/11/2016 às 17:51
Foto: Divulgação
O procedimento contou com a organização de barcos desativados e remoção de entulhos - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A administração do arquipélago de Fernando de Noronha deu início a mais uma etapa do planejamento de reordenamento do comércio e embarcações de pequeno porte na praia do Porto de Santo Antônio. O procedimento contou com a organização de barcos desativados e remoção de entulhos, com o objetivo de limpar a área e retirar os dejetos acumulados na faixa de areia. 

O trabalho foi feito de forma colaborativa entre técnicos da Administração, Associação de Pescadores (Anpesca) e profissionais que atuam na praia do Porto. Barqueiros e trabalhadores do local também participam da iniciativa. Nesta quarta-feira, 9, foi realizada a transferência dos barcos ancorados na praia para uma área definitiva.

Após o remanejamento das embarcações, o reordenamento seguirá com mais três etapas: o ordenamento dos barcos ancorados na faixa de praia que ganham um novo espaço, a padronização dos estabelecimentos comerciais com um novo layout e a finalização com ações educativas sobre normas sanitárias, mudanças no tráfego de veículos, além de informativos turísticos e sinalizações náuticas. Os comerciantes que atuam na praia vão ser transferidos para uma área logo acima do porto. Com isso, a faixa de areia ficará totalmente livre para os turistas.

 “Recolhemos todas as tralhas, além de quatro embarcações bem desgastadas, das quais duas serão recuperadas e as outras duas os proprietários não tem mais interesse”, informou o gerente de Vigilância em Saúde da ilha, Fernando Magalhães.

 

Inauguração do novo píer

Nesta quinta-feira, 10, o administrador de Fernando de Noronha, Luís Eduardo Antunes, e o diretor de Infraestrutura e Obras, Daniel Bezerra, entregarão o píer de embarque e desembarque de turistas que estava interditado na ilha desde o último swell (ondas gigantes). O píer ganhou uma nova rampa e o flutuante foi totalmente reformado, proporcionando a atracação de até dois barcos simultaneamente. Além disso, luminárias em LED foram instaladas em toda a passarela do porto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias