Segurança

Jaboatão e Moreno ganham novas delegacias de homicídios

A mudança foi motivada por uma questão logística.

Editoria de Cidades
Editoria de Cidades
Publicado em 10/01/2017 às 14:30
Foto: Polícia Civil/ Divulgação
A mudança foi motivada por uma questão logística. - FOTO: Foto: Polícia Civil/ Divulgação
Leitura:

Na manhã desta terça-feira (10), foi inaugurado o novo endereço da Divisão de Homicídios Metropolitana Sul (DHMS). Serão nestas instalações, situadas ao lado do antigo fórum de Jaboatão dos Guararapes, no bairro de prazeres, que os casos de homicídios ocorridos em Jaboatão e Moreno passam a ser investigados a partir de agora.

A mudança de três delegacias da divisão foi motivada por uma questão de logística. Anteriormente, elas funcionavam na sede da Área Integrada de Segurança 6, localizada na Estrada da Batalha, em Prazeres. Eram sete salas, para 8 delegados e suas equipes. “A mudança para cá vai proporcionar uma melhoria no serviço e nas condições de trabalho dos policiais. A polícia com melhores recursos materiais, se sente mais motivada e é mais efetiva na repressão contra a criminalidade. E a população também pode ser recebida de maneira digna, num local mais arejado”, comenta o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Ângelo Gioia.

O fato de Jaboatão ser uma região delicada também contribuiu para a mudança. Segundo a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, apenas no ano de 2016, a área representou quase 10% dos homicídios em todo o estado. 

O prédio, cedido pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) por 10 anos, dispõe de quinze salas, amplo espaço de permanência, copa, xadrez, banheiros completos e adaptados para portadores de deficiência física e área de estacionamento. Cinquenta pessoas, entre elas, sete delegados e o gestor da divisão, Felipe Monteiro, devem trabalhar no local. A reforma do edifício durou um ano e custou cerca de 120 mil reais.

Geral

A Divisão de Homicídios Metropolitana Sul abrange as cidades de Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca e conta com cinco delegacias. Três delas - a 11ª, 12ª e 13ª, funcionam agora neste novo endereço. As outras duas (14ª e 15ª), responsáveis pela investigação de homicídios no Cabo e em Ipojuca, permanecem sediadas no Cabo de Santo Agostinho.

Segundo o secretário de Defesa Social, outras delegacias do estado precisam de algum tipo de reforma ou mudança de local. Ele garantiu que um levantamento dessas unidades será feito ainda neste ano e espera que até o final do ano, possa estar entregando novas unidades à população.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias