TRAGÉDIA DA CHAPE

Comissária da Lamia pede dinheiro pela internet

Ximena Suarez tenta arrecadar US$ 100 mil

JC Online
JC Online
Publicado em 24/01/2017 às 21:45
Reprodução/Internet
Ximena Suarez tenta arrecadar US$ 100 mil - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

 

Sobrevivente do acidente com o avião da Chapecoense, no dia 29 de novembro do ano passado, a comissária de bordo da empresa Lamia, Ximena Suarez Ostterburg, está pedindo ajuda, pela internet, para sustentar os filhos e bancar seu tratamento médico. Sem trabalho, ela resolveu criar uma página no site Gofundme, especializado em crowdfundings. A meta de Ximena é arrecadar 100 mil dólares.

Leia o que a comissária escreveu na página do Gofundme:

"Sou Ximena Suarez Ostterburg, sobrevivente do acidente da Lamia na Colômbia, tenho 28 anos, nasci em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia, tenho dois filhos, de seis e dois aninhos, os quais sustento. Na maior parte da minha vida trabalhei como comissária de bordo, enquanto estudava engenharia de controle de processos na Universidade Gabriel René Moreno.O motivo pelo qual peço ajuda é porque não poderei trabalhar nem seguir com minha vida normal, já que apresento problemas psicológicos e físicos. Conheci essa fundação (Gofundme) por meio de uma prima que vive em Tampa, na Flórida (EUA), cujo nome é Maria Elena Antelo (...) agradeço muito e que Deus abençoe a todos".

Até o final da noite de terça-feira, 37 pessoas haviamk contribuído. O total arrecadado: US$ 990.

Ximena estaria devendo US$ 13 mil ao hospital em que ficou internada na Colômbia, mas não conseguiu pagar o débito por não ter recebido dinheiro do seguro feito pela Lamia.

TWITTER

Ontem, em sua conta no Twitter, a comissária postou uma foto em que aparece em um carro com várias pessoas. Não diz o que seria, nem para onde estariam indo.

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias