VIOLÊNCIA

Rodoviários ameaçam cruzar os braços durante prévias de Carnaval em Olinda

A paralisação tem como justificativa a violência e insegurança durante as prévias de carnaval na cidade alta

Camila Souza
Camila Souza
Publicado em 27/01/2017 às 15:55
Foto: Portal Ônibus Brasil
A paralisação tem como justificativa a violência e insegurança durante as prévias de carnaval na cidade alta - Foto: Portal Ônibus Brasil
Leitura:

O Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco ameaça cruzar os braços nos períodos de festa de Carnaval, em Olinda, no Grande Recife, caso não haja reforço na segurança. A associação protocolou ofícios em secretarias do Estado na manhã desta sexta-feira (27) para intensificar o pedido.

De acordo com informações do presidente do sindicato, Benilson Custódio, os rodoviários se sentem inseguros com a justificativa dos tumultos registrados nas prévias realizada na Cidade Alta no último domingo (22). "Caso não haja segurança no transporte público para os trabalhadores exercerem suas funções, eles vão exercer o direito de recusa. Porque se não houver segurança para o trabalhador desenvolver o sua função, ele pode recusar", explicou.

Ônibus sem circular

Custódio informou que caso voltem a ocorrer atos de vandalismo e insegurança nas prévias de Carnaval, os ônibus vão ser retirados de circulação. "O que aconteceu nas ladeiras de Olinda, ficou bem claro que o trabalhador não vai ficar arriscando a sua vida para levar uma pedrada, uma garrafada ou um tiro", disse.

Confira


Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias