Carnaval 2017

Mais de 30 mil policiais vão fazer a segurança no Carnaval 2017

O documento torna obrigatório o cumprimento da jornada de trabalho pelos servidores das polícias Científica, Civil, Militar e Corpo de Bombeiros nesses dez dias.

JC Online
JC Online
Publicado em 21/02/2017 às 11:58
André Nery/JC Imagem
O documento torna obrigatório o cumprimento da jornada de trabalho pelos servidores das polícias Científica, Civil, Militar e Corpo de Bombeiros nesses dez dias. - FOTO: André Nery/JC Imagem
Leitura:

Com o objetivo de garantir a segurança dos foliões no Carnaval 2017, um esquema especial foi montado para os dias de 24 de fevereiro a 5 de março. Ao todo, serão 31.213 policiais e bombeiros militares distribuídos na Região Metropolitana do Recife (RMR) e no Interior. O planejamento da Secretaria de Defesa Social (SDS) tem como lema "Vai na Folia, Vai na Paz".

Na operação, pontos principais da folia como Galo da Madrugada, Recife Antigo e Olinda contarão com forteostensividade, além de cinco cidades da RMR e 17 do interior. O decreto 44.128, assinado pelo governador Paulo Câmara, foi publicado na manhã desta terça-feira (22) no Diário Oficial do Estado.

O documento torna obrigatório o cumprimento da jornada de trabalho pelos servidores das polícias Científica, Civil, Militar e Corpo de Bombeiros nesses dez dias.

Do total de 31.213 servidores, 23.021 são da PM, 4.692 da Polícia Civil, 2.892 do Corpo de Bombeiros, 443 da Polícia Científica, 118 da Corregedoria e 47 do Grupamento Tático Aéreo (GTA).

Galo da Madrugada

Destinados para trabalhar no Galo da Madrugada, no sábado (25), o efetivo contará com a atuação de 4.254 profissionais, com 3.106 PMs.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias