Insegurança

Estudantes de Itambé protestam contra a violência após jovem ter sido baleado

Na última sexta-feira (17), o estudante Edvaldo Alves da Silva, de 23 anos, foi atingido por policiais durante manifestação por mais segurança na cidade

JC Online
JC Online
Publicado em 22/03/2017 às 8:51
Foto: Cintia Ferreira/ TV Jornal
Na última sexta-feira (17), o estudante Edvaldo Alves da Silva, de 23 anos, foi atingido por policiais durante manifestação por mais segurança na cidade - FOTO: Foto: Cintia Ferreira/ TV Jornal
Leitura:

Na manhã desta quarta-feira (22), um grupo de estudantes realizou um protesto contra a violência no município de Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco. Na última sexta-feira (17), o estudante Edvaldo Alves da Silva, de 23 anos, foi atingido por um tiro de bala de borracha efetuado por um policial durante manifestação por mais segurança na cidade. A bala que atingiu o testículo do jovem.

A repórter da TV Jornal Cintia Ferreira acompanha a manifestação:

 

Os três policiais suspeitos de agredir o estudante foram afastados das funções de rua até que as investigações sobre o caso sejam concluídas. Nesta quarta, o irmão de Edvaldo participa de uma audiência pública sobre o caso na Assembleia Legisltiva de Pernambuco (Alepe), Centro do Recife. O vídeo abaixo mostra o momento do disparo e a conduta adotada pela polícia neste caso:

 

Insegurança

A manifestação em que Edvaldo foi baleado pedia por mais segurança na cidade, que possui apenas três policiais, para uma população de 36 mil pessoas. Os moradores tem enfrentado assaltos frequentes também nas estradas, num trecho em obras da PE-75 entre Itambé e Goiana. Como a pista está sendo recuperada, os condutores precisam passar uma estrada de barro e diminuir a velocidade, o que facilita a ação dos assaltantes. Por causa disso, motoristas de ônibus escolares tem viajado em grupo para tentar diminuir as investidas dos bandidos.

Estado de Saúde

Edvaldo Alves da Silva foi incialmente conduzido ao Hospital Municipal de Itambé e depois foi levado em estado grave para o Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, Região Metropolitana do Recife. No primeiro boletim médico, divulgado no último domingo (19), foi dito que Edvaldo teve uma pequena melhora. Nessa terça (21), o hospital informou que o jovem apresenta melhora progressiva.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias