Violência de gênero

No Facebook, jovem denuncia agressão de ex-namorado em Paulista

O rapaz de 17 anos estaria inconformado com o fim do relacionamento e a agressão teria sido motivada por ciúmes

JC Online
JC Online
Publicado em 11/04/2017 às 21:43
Acervo Pessoal/Facebook
O rapaz de 17 anos estaria inconformado com o fim do relacionamento e a agressão teria sido motivada por ciúmes - FOTO: Acervo Pessoal/Facebook
Leitura:

O relato de agressão física sofrida por uma jovem de 18 anos tem chamado atenção nas redes sociais. A vítima, que não terá seu nome revelado*, afirmou em sua página no Facebook ter sido vítima do ex-namorado, um rapaz de 17 anos, inconformado com o fim do relacionamento do casal que durou 11 meses. De acordo com a vítima, o garoto invadiu a casa onde ela morava em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, e a espancou na frente da família. Nas imagens publicadas na internet, a vítima aparece com hematomas no rosto. A publicação, feita no sábado (8), já conta com mais de 1,7 curtidas, cerca de 600 compartilhamentos e quase 260 comentários.

A agressão ocorreu no dia 14 de março deste ano, mas só agora a vítima tomou coragem de tornar o caso público. "Estou querendo ajuda. Não recebi nenhuma proteção, nenhuma medida protetiva. Ele queria me matar e tenho medo que volte para terminar o que não conseguiu fazer", afirma. A jovem, que procurou a polícia, diz seguir com medo de uma nova investida.

Segundo ela, o adolescente não aceitava o término do relacionamento e teria cometido a agressão por motivo de ciúmes. "Antes do fim do namoro, ele estava sendo muito ignorante. Falava grosso comigo o tempo todo", desabafou. Ainda conforme a vítima, o suposto agressor não queria que ela saísse de casa, nem mesmo com os parentes. "Ele tinha ciúmes até da minha mãe", comentou.

A jovem afirma que já havia sido ameaçada antes de ser agredida. "Ele disse que ia me matar e que iria acabar com minha beleza. Então, minha mãe conversou com a mãe dele", explicou. Mas a conversa não foi suficiente. A moça afirmou ainda que o ex-namorado pulou o muro da casa onde ela morava para bater nela. "Ele já chegou me segurando. Da sala, ele me levou até o terraço, onde eu consegui fugir e chamar os vizinhos. Nesse meio tempo, ele segurou minha mãe pelos braços, com força", relatou, ao enfatizar que acabou sofrendo uma queda e foi espancada enquanto estava desacordada.

Após o rapaz ser contido por vizinhos e pela mãe da vítima, a Polícia Militar foi acionada e levou os dois para a delegacia, onde foi registrado um Boletim de Ocorrências (BO). A Assessoria de Imprensa da Polícia Civil informou que o caso foi registrado no plantão da 28ª circunscrição de Paulista, e que, por ser menor de idade, o rapaz "foi apreendido por Ato Infracional, por crime de lesão corporal por violência doméstica/familiar - Doloso (Consumado) e encaminhado à UNIAI/FUNASE."

A jovem recebeu atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jardim Paulista e encaminhada para os hospitaos Miguel Arraes, em Paulista, e Restauração, no Derby. Após os atendimentos médicos, ela fez exame de Corpo de Delito no Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. Apesar da informação de que o rapaz haveria sido apreendido, a moça se mudou da casa onde morava. "Vizinhos disseram que viram ele por lá. Tenho muito medo. Me mudei para outra casa porque não me sinto segura", concluiu.

* As identidades da vítima e do suposto agressor não serão reveladas em cumprimento ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias