GREVE

Agentes penitenciários do estado devem aderir à paralisação nacional

Categoria divulgou nota confirmando sua adesão à greve desta sexta-feira (28)

JC Online
JC Online
Publicado em 25/04/2017 às 2:42
Foto: Bernardo Soares/Acervo JC Imagem
Categoria divulgou nota confirmando sua adesão à greve desta sexta-feira (28) - FOTO: Foto: Bernardo Soares/Acervo JC Imagem
Leitura:

Os agentes penitenciários do estado de Pernambuco resolveram se unir à greve geral, contra a reforma da previdência, que está marcada para a próxima sexta-feira (28). A decisão foi comunicada em nota do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária e Servidores no Sistema Penitenciário do Estado de Pernambuco (Sindasp-PE) nesta segunda-feira (24). A adesão concorda com decisão da Federação Sindical dos Servidores Penitenciários do Brasil (Fenaspen), publicada na última quarta-feira (19).  

Segundo o SINDASP, a paralisação - que deve durar 24 horas - não descumpre a decisão do STF, contrária à greves de policias no Brasil. Entre as reivindicações, a categoria exige a abertura de CPI e auditoria das contas da previdência.

Mais adesões

A greve geral mobilizou vários sindicatos em todo o país. Em Pernambuco, com esta, já são mais de 40 categorias que aderiram ao movimento.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias