FISCALIZAÇÃO

Prefeitura de Olinda faz retirada de mercadorias das calçadas

A ação ocorreu na Estrada de Águas Compridas

Ana Roberta Amorim
Ana Roberta Amorim
Publicado em 25/05/2017 às 12:09
Foto: Ana Roberta/JC
A ação ocorreu na Estrada de Águas Compridas - Foto: Ana Roberta/JC
Leitura:

Foi realizada na manhã desta quinta (25) uma ação da Prefeitura de Olinda, por meio da Secretaria de Meio Ambiente Urbano e Natural, para a retirada de objetos e mercadorias de estabelecimentos localizados na Estrada de Águas Compridas.

Esse tipo de ação visa liberar as vias para a circulação de pessoas já que, de acordo com secretário da pasta, André Botelho, "é proibida a extensão do comércio nas calçadas". Cerca de 50 fiscais da Vigilância Sanitária e Fiscalização Técnica e Controle Urbano participaram da ação, que já passou pelos bairros de Jardim Atlântico, Casa Caiada e Rio Doce.

“Essa ação vem ao longo da gestão do professor Lupércio. Ainda existem os comerciantes que insistem em colocar essa extensão do seu estabelecimento para as calçadas, prejudicando o caminhar da população”, disse o secretário.

Ele explicou que essa ação se caracteriza, inicialmente como educativa e que é dada ao comerciante a oportunidade de retirar as mercadorias. Caso se negue, os objetos são apreendidos.

Multa

Os comerciantes que forem notificados para a retirada dos objetos das calçadas precisam se dirigir à Secretaria de Meio Ambiente Urbano e Natural para verificação do alvará de funcionamento do estabelecimento. Caso ele não seja legalizado, será dado um prazo de 60 dias. As multas para aqueles que deixam objetos e mercadorias nas vias públicas de Olinda pode variar de R$1 mil a R$20 mil. A reincidência vai de R$20 mil a R$100 mil.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias