Protesto

Marcha das Vadias vai às ruas do Centro do Recife neste sábado

O ato público é organizado pelo Coletivo Marcha das Vadias. Concentração na Praça do Derby às 13h

Da Editoria Cidades
Da Editoria Cidades
Publicado em 26/05/2017 às 10:48
Foto: Ricardo B. Labastier/Acervo JC Imagem
O ato público é organizado pelo Coletivo Marcha das Vadias. Concentração na Praça do Derby às 13h - FOTO: Foto: Ricardo B. Labastier/Acervo JC Imagem
Leitura:

O Coletivo Marcha das Vadias-Recife promove neste sábado (27/5) a sétima edição da Marcha das Vadias pelas ruas da capital pernambucana. A concentração tem início às 13h, na Praça do Derby, na área central da cidade, com confecção de cartazes e programação artística.

Todas as mulheres são convocadas para participar da Marcha das Vadias e protestar contra o feminicídio, o racismo e a retirada de direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores. Em 2017, a caminhada tem como tema Feminismo é Revolução. O ato público vem sendo preparado nos últimos três meses com debates abertos ao público, organizados pelo coletivo.

ESTATÍSTICAS

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil tem a quinta maior taxa de feminicídios do mundo, sendo 4,8 para 100 mil mulheres, destaca o Coletivo Marcha das Vadias. Das mulheres mortas por agressão no País em 2015, 68,8% eram negras, de acordo com o Ministério da Justiça.

Os grupos Meu Recife e Minha Igarassu vão aproveitar a manifestação e distribuir cruzes entre as participantes do ato para simbolizar os assassinatos de mulheres apenas pela condição de ser mulher. Também levarão uma faixa com a seguinte frase: Não é crime passional, é feminicídio.

A intervenção realizada durante a Marcha das Vadias faz parte da campanha Isso é Feminicídio disponível no site www.issoefeminicidio.org, que será lançada segunda-feira (29) pelas organizações Meu Recife e Minha Igarassu.

Últimas notícias