Tragédia

Chuvas já deixam mais de 55 mil desabrigados e desalojados em Pernambuco

Deste total, 3.081 pessoas estão desabrigadas e 52.095 estão desalojadas

JC Online
JC Online
Publicado em 30/05/2017 às 22:53
Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Deste total, 3.081 pessoas estão desabrigadas e 52.095 estão desalojadas - FOTO: Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Leitura:

Segundo informação divulgada na noite desta terça-feira (30) pelo governo de Pernambuco, 55.176 pessoas estão fora de suas casas após as cheias que atingiram o Estado na última semana. Deste total, 3.081 estão desabrigadas (perderam as casas) e 52.095 estão desalojadas (casas temporariamente sem condições de uso).

Ainda segundo o executivo estadual, até esta noite, 29 cidades haviam sido atingida pelas chuvas: São José da Coroa Grande e Escada, na Mata Sul; Bonito, Cupira e Gravatá, no Agreste; além dos 24 municípios que estão em situação de emergência (Caruaru, Ipojuca, Joaquim Nabuco, Jurema, Lagoa dos Gatos, Primavera, Quipapá, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu, Belém de Maria, Gameleira, Palmares, Amaraji, Maraial, Ribeirão, Cortês, Barra de Guabiraba, São Benedito do Sul, Rio Formoso, Catende, Água Preta, Jaqueira e Barreiros).

AÇÃO

Para amenizar os impactos sofridos pela população, o governo está realizando a distribuição de alimentos, água, roupas, colchões, lonas plásticas e materiais de higiene e limpeza nestas localidades. "Somente nesta terça-feira, foi contabilizado pelo Gabinete de Crise - instalado no Palácio do Campo das Princesas - o envio de 24 toneladas de alimentos, 18 mil litros de água e nove mil quilos (kg) de itens de higiene e limpeza. A entrega dos itens está sendo feita nos 24 municípios em estado de Emergência", diz comunicado enviado pelo Palácio do Campo das Princesas.

Para realizar a distribuição de alimentos nas áreas afetadas, trabalhos de buscas, resgates e deslocamento de pessoas, dois helicópteros do modelo H-225M, sendo um da Marinha do Brasil e outro da Força Aérea Brasileira, chegaram, hoje, em Pernambuco, e ficam por tempo indeterminado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias