ENCHENTES

Pernambuco revoga calamidade e decreta 24 cidades em emergência

Governo estadual reviu classificação e incluiu novas cidades na lista de locais afetados pelo temporal do último fim de semana

Da editoria de Cidades
Da editoria de Cidades
Publicado em 30/05/2017 às 14:30
Foto: Diego Nigro / JC Imagem
Governo estadual reviu classificação e incluiu novas cidades na lista de locais afetados pelo temporal do último fim de semana - FOTO: Foto: Diego Nigro / JC Imagem
Leitura:

Vinte e quatro cidades de Pernambuco (uma na Região Metropolitana, 19 na Zona da Mata e quatro no Agreste) estão em situação de emergência, segundo decreto do governo estadual. Domingo passado, havia 13 municípios em estado de calamidade. Na segunda-feira, esse número chegou a 15. Mas, após enviar técnicos às localidades e receber relatos das equipes da Defesa Civil, o governo reviu a classificação, revogou o estado e incluiu outras cidades na lista de emergência, chegando, assim, ao número de 24 municípios precisando de ajuda.

Segundo o governo, a alteração na classificação não compromete a assistência aos municípios. Todo os afetados terão acesso ao crédito decorrentes de tragédias. O decreto (nº 44.492) também ampliou o período de situação excepcional para 180 dias (antes eram 120 dias antes), o que permitirá, conforme a legislação, uma ação prolongada do poder público nas áreas atingidas.

LISTA

Estão em estado de Emergência os municípios de Ipojuca, no Grande Recife; Caruaru, Jurema, Lagoa dos Gatos e Barra de Guabiraba, no Agreste.

Na Zona da Mata fazem parte da lista Joaquim Nabuco, Primavera, Quipapá, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu, Belém de Maria, Gameleira, Palmares, Amaraji, Maraial, Ribeirão, Cortês, São Benedito do Sul, Rio Formoso, Catende, Água Preta, Jaqueira e Barreiros.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias