Cuidados

Veja o que não fazer para tratar queimaduras causadas neste São João

Na tentativa de tratar o ferimento, o dano pode acabar sendo pior caso alguns procedimentos sejam tomados

JC Online
JC Online
Publicado em 21/06/2017 às 11:07
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Na tentativa de tratar o ferimento, o dano pode acabar sendo pior caso alguns procedimentos sejam tomados - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Na animação da festa junina alguns acidentes e queimaduras, motivados pelo manuseio errado de fogos de artifício e fogueiras, podem virar motivo de preocupação. Na tentativa de tratar o ferimento, o dano pode acabar sendo pior caso alguns procedimentos sejam tomados.

Acompanhe abaixo as instruções do chefe da Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital da Restauração, Marcos Barreto, sobre o que deve ou não ser feito:

Atendimento

A Secretaria de Saúde do Estado informa que os acidentes com fogos e fogueira podem ser atendidos em policlínicas, Upas, postos de saúde e nos 11 hospitais regionais espalhados por Pernambuco: Goiana, Limoeiro, Palmares, Caruaru, Arcoverde, Garanhuns, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, Salgueiro e Ouricuri, inclusive o hospital infantil Dom Malan, em Petrolina. Além de do Hospital da Restauração, localizado no bairro do Derby, área central do Recife, referência em atendimento nesse tipo de acidente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias