Moradia

Conjunto Habitacional Muribeca terá todos os blocos demolidos

Justiça Federal notificou moradores a desocuparem puxadinhos em 30 dias

Cidades
Cidades
Publicado em 16/11/2017 às 20:20
Diego Nigro/JC Imagem
Justiça Federal notificou moradores a desocuparem puxadinhos em 30 dias - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Desocupados desde 2005, por problemas estruturais, os 68 blocos restantes do Habitacional Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, vão finalmente ser demolidos. Para isso, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) notificou, nesta quinta, as pessoas que construíram casas, comércio, igrejas e até garagens dentro do terreno ou no entorno do habitacional para desocuparem os imóveis em um prazo de 30 dias. Só residências são 555, segundo a Prefeitura de Jaboatão.

Para não deixar todas essas famílias sem casa, o prefeito Anderson Ferreira firmou acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF) para que sejam reservados apartamentos para elas no novo Habitacional Fazenda Suassuna, através do Programa Minha Casa, Minha Vida, faixa 1, que, segundo o município, tem prestação de aproximadamente R$ 80,00. Localizado em Jaboatão Centro, ele terá 1.440 unidades habitacionais e já está praticamente pronto, faltando apenas 4% para a sua conclusão.

“Estamos assegurando que essas famílias não ficarão desamparadas e terão novas residências, com melhores condições de moradia e de forma regular”, declarou o prefeito, que recebeu ontem, em seu gabinete, representantes do Conselho de Moradores de Muribeca, da Associação dos Moradores de Muribeca e do Movimento Somos Todos Muribeca, para dar a notícia.

“Essa é a solução que vínhamos pedindo para os moradores”, comemorou a presidente do Conselho, Maria José de Souza. “Essa notícia mudou completamente o nosso cenário. Essa atitude merece agradecimento e reconhecimento”, acrescentou Luiz Cláudio Gomes de Melo, do Movimento Somos Todos Muribeca.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura fará o cadastro das famílias para apresentar a lista total das pessoas beneficiadas à Caixa Econômica.

PROBLEMAS

Construído em 1982, o Conjunto Muribeca possuía 70 blocos em suas quatro quadras, com um total de 2.208 apartamentos. Dois deles foram demolidos, segundo o município. Mas todos foram desocupados em 2005 e os moradores vêm recebendo auxílio-moradia da CEF enquanto aguardam decisão da Justiça sobre a situação. Os puxadinhos já foram alvo de demolições anteriores.

Últimas notícias