Tragédia na Tamarineira

Alunos da turma de garoto morto em acidente fazem homenagem na festa de Natal

Festinha de Natal da escola virou momento de comoção entre pais, alunos e professores

Cidades
Cidades
Publicado em 06/12/2017 às 19:01
Cortesia
Festinha de Natal da escola virou momento de comoção entre pais, alunos e professores - FOTO: Cortesia
Leitura:

A festinha de Natal de alunos do ensino infantil do Colégio Damas, na Zona Norte do Recife, virou momento de comoção geral entre professores, pais e alunos, na manhã desta quarta. Em vez da dança ensaiada para a ocasião, os estudantes do infantil II e seus professores fizeram uma homenagem ao garotinho Miguel Arruda da Motta Silveira Neto, de 3 anos, morto em acidente de trânsito com a mãe, a servidora do Tribunal de Justiça Maria Emília Guimarães, 39, e a babá Roseane Maria de Brito, 23 (grávida de três meses), no dia 26, na Tamarineira, Zona Norte do Recife.

“Foi muito emocionante. As crianças soltaram balões brancos junto com os professores e ergueram a faixa (onde tinha escrito: Miguel, você mora em nossos corações)”, relata a mãe de dois alunos da escola que estava presente e preferiu não se identificar. “A comoção foi geral. Difícil a gente não chorar ao ver crianças tão pequenas já entendendo que uma vidinha partiu”.

A festinha de Natal de alunos do ensino infantil do Colégio Damas, na Zona Norte do Recife, virou momento de comoção geral entre professores, pais e alunos, na manhã desta quarta. Em vez da dança ensaiada para a ocasião, os estudantes do infantil II e seus professores fizeram uma homenagem ao garotinho Miguel Arruda da Motta Silveira Neto, de 3 anos, morto em acidente de trânsito com a mãe, a servidora do Tribunal de Justiça Maria Emília Guimarães, 39, e a babá Roseane Maria de Brito, 23 (grávida de três meses), no dia 26, na Tamarineira, Zona Norte do Recife. “Foi muito emocionante. As crianças soltaram balões brancos junto com os professores e ergueram a faixa (onde tinha escrito: Miguel, você mora em nossos corações)”, relata a mãe de dois alunos da escola que estava presente e preferiu não se identificar. “A comoção foi geral. Difícil a gente não chorar ao ver crianças tão pequenas já entendendo que uma vidinha partiu”. Veja mais em JC.COM.BR ou no link da bio. Vídeo: Cortesia. #Luto #Homenagem #Miguel #Recife #JC #JornaldoCommercio

Uma publicação compartilhada por Jornal do Commercio PE (@jc_pe) em

EM RECUPERAÇÃO

O pai do garoto, o advogado Miguel Aruda da Motta Silveira Filho, 46, está internado no Hospital Santa Joana junto com a filha, Marcela Guimarães da Motta Silveira, 5. Segundo o hospital, ele está evoluindo a cada dia e já se encontra no quarto, em recuperação de traumas no tórax e no abdome. A garota, que teve traumatismo cranioencefálico, permanece em estado grave, respirando com a ajuda de aparelhos, mas tem quadro neurológico estável, do ponto de vista clínico.

O responsável pelo acidente, o jovem João Victor Ribeiro de Oliveira Leal, 25, foi indiciado por triplo homicídio doloso (com intenção) e dupla lesão corporal grave. Se condenado, pode pegar 70 anos de prisão. Ele está preso no Cotel, em Abreu e Lima, no Grande Recife.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias