REIVINDICANDO MELHORIAS

Agentes socioeducativos fazem protesto reivindicando melhorias

Segundo Thelson Santos, presidente do sindicato dos agentes socioeducativos, condições de trabalho são 'desumanas'

Julia Aguilera
Julia Aguilera
Publicado em 13/12/2017 às 16:40
Foto: Divulgação/Sindasepe
Segundo Thelson Santos, presidente do sindicato dos agentes socioeducativos, condições de trabalho são 'desumanas' - Foto: Divulgação/Sindasepe
Leitura:

O Sindicato do Agentes e Assistentes Socioeducativos de Pernambuco (Sindasepe) realizou na manhã desta quarta-feira (13) um protesto reivindicando gratificações pelo risco de vida e melhores condições de trabalho na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase).

A concentração do protesto aconteceu em frente a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), bairro da Boa Vista, área central do Recife. De acordo com Thelson Santos, presidente do sindicato, cerca de 90 funcionários participaram do ato. Segundo ele, “é decorrente a precariedade na fundação. As condições de trabalho são desumanas.”

Durante o protesto, os agentes também pediram que fosse realizado um concurso público para a contratação destes funcionários. Os agente terminaram o ato em frente ao Palácio das Princesas, sede do governo do Estado. 

Em nota a Funase respondeu que "assim como previsto no Plano de Ação de Curto Prazo da instituição, aprovado pelo Governo do Estado e lançado em abril deste ano, todos os esforços vêm sendo tomados e muitos avanços já foram conquistados na melhoria das condições de trabalho dos agentes e assistentes socioeducativos e valorização da categoria."

Confira a íntegra da nota da Funase

"A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) informa que, assim como previsto no Plano de Ação de Curto Prazo da instituição, aprovado pelo Governo do Estado e lançado em abril deste ano, todos os esforços vêm sendo tomados e muitos avanços já foram conquistados na melhoria das condições de trabalho dos agentes e assistentes socioeducativos e valorização da categoria. Este ano foram contratados 259 novos agentes socioeducativos para as unidades da Região Metropolitana do Recife. Para o Interior do Estado foi realizado um processo de seleção e contratados mais 100 novos agentes socioeducativos, que foram distribuídos nas unidades de Vitória de Santo Antão, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde e Petrolina, que contam ainda com um cadastro reserva para realização de novas contratações de acordo com a necessidade. Também foram conquistadas melhorias nas condições salariais com o reajuste de 20% dos salários dos agentes e assistentes socioeducativos neste ano, tendo mais 20% previstos para 2018. Desta forma, deixa-se registrado todo o esforço do Governo do Estado e da Funase em atender aos pleitos da categoria, que constantemente é ouvida. Não há na Funase agentes socioeducativos estatutários. Atualmente a instituição tem 1.439 agentes socioeducativos ativos, todos com contrato de trabalho por tempo determinado, com duração de até 24 meses, podendo ser prorrogados por iguais períodos, até o máximo de 6 anos."

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias