AFOGAMENTO

Criança de quatro anos é vítima de afogamento na praia do Pina

Ele foi atendido pelo Corpo de Bombeiros que conseguiu reanimá-lo; o estado de saúde da criança é estável e deve receber alta nas próximas 48 horas

Bianca Sousa
Bianca Sousa
Publicado em 03/01/2018 às 16:52
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Ele foi atendido pelo Corpo de Bombeiros que conseguiu reanimá-lo; o estado de saúde da criança é estável e deve receber alta nas próximas 48 horas - FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Uma criança de quatro anos foi vítima de afogamento na praia do Pina, na Zona Sul do Recife, por volta das 9h40 da manhã desta quarta-feira (3). O garoto foi retirado da mar por populares e logo em seguida recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros que faz a vigilância na área.

Ao chegar no local da ocorrência, os soldados encontraram o menino inconsciente e realizaram os primeiros socorros para reanimá-lo. A criança voltou a respirar e foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife, acompanhada pela mãe.

Estado de Saúde

Segundo a assessoria do HR, a criança chegou consciente à unidade e passou por exames, sendo medicada. O menino está recebendo soro e toma antibióticos por conta da quantidade de água do mar ingerida durante o afogamento. Ele está em observação e deve ser liberado em até 48 horas.

Alerta

Este não é o primeiro caso de afogamento nesta área do Pina, Zona Sul do Recife. Ocorrências como esta estão sendo constantemente registradas pelo Corpo de Bombeiros. Nesta localidade há sinalizações informando que aquela área é inapropriada para banho por haver uma vala perigosa.

Segundo a assessoria do Corpo de Bombeiros, existem soldados da corporação em plantão diariamente, das 7h às 17h, para evitar o acesso a essa parte da praia, mas nem sempre é possível controlar estes incidentes, mesmo havendo uma placa que informe sobre o perigo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias