recuperação

Alexandre Farias passa bem após cirurgia de cranioplastia

Os médicos precisaram retirar uma parte do osso do crânio do apresentador da TV Asa Branca para garantir a sua sobrevivência

JC Online
JC Online
Publicado em 02/03/2018 às 12:15
Foto: Divulgação
Os médicos precisaram retirar uma parte do osso do crânio do apresentador da TV Asa Branca para garantir a sua sobrevivência - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A cirurgia para colocação da prótese craniana de titânio, que o jornalista Alexandre Farias realizou na última quinta-feira (1), aconteceu sem intercorrências. Os médicos precisaram retirar uma parte do osso do crânio do apresentador da TV Asa Branca para garantir a sua sobrevivência. Ainda não há previsão de alta da UTI.

Segundo o boletim médico, após a cranioplastia, Alexandre foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva e respira sem ajuda de aparelhos. 

Alexandre foi atingido por uma bala perdida durante um tiroteio em Caruaru, teve alta da UTI no dia 6 de dezembro do ano passado e segundo seu irmão José Santos Junior a solução seria a prótese craniana. "Foi retirada uma boa parte da massa óssea da cabeça dele e essa prótese vai substituir o que ele perdeu. Depois disso, a melhora vai progredir mais rápido", afirmou.

Relembre o caso

Alexandre Farias foi atingido na cabeça por uma bala perdida, no dia 16 de setembro de 2017, durante uma troca de tiros no Alto do Moura, em Caruaru, entre policiais e suspeitos de cometer crimes na região.

Ele foi socorrido no Hospital Regional do Agreste e depois transferido, em estado grave, para o Hospital da Unimed de Caruaru. No dia 28 de outubro, o jornalista foi transferido para o Hospital Esperança, no Recife.

Por volta das 20h, o jornalista voltava no seu carro para casa, no Loteamento Sete Luas, também no Alto do Moura, quando se viu no meio do fogo cruzado e foi atingido.

Últimas notícias