Aniversário

Comemorações do aniversário do Recife começaram neste domingo

Aqueles que foram festejar contaram com diversas atrações no Marco Zero

Letícia Saturnino
Letícia Saturnino
Publicado em 11/03/2018 às 18:37
Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

O aniversário do Recife é nesta segunda-feira (12), mas as comemorações dos 481 anos já começaram na capital pernambucana. Neste domingo (11), a celebração teve início com o Recife Antigo de Coração especial de Aniversário, que contou com diversas atividades esportivas e culturais, além de apresentações de blocos de maracatu. À noite, foi a vez do espetáculo "O Boi Voador", encenado no Boulevard da Rio Branco, também no Recife Antigo. 

Felipe Ribeiro/JC Imagem
O letreiro do Recife está de cara nova - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
O Boi Voador atraiu uma multidão ao Recife Antigo - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
Ao ar livre, o espetáculo teve seis cenas, que remontaram o período holandês - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
O evento ocorreu em comemoração aos 481 anos do Recife - Felipe Ribeiro/JC Imagem

Ao ar livre, a apresentação foi acompanhada por uma multidão de pessoas, que andavam entre os seis cenários montados em diferentes pontos da Avenida. Dirigido por José Pimentel e Ruy Aguiar, "O Boi Voador", fez o público retornar ao período holandês, mais especificamente à inauguração da Ponte do Recife, que hoje é conhecida pelo nome de Ponte Maurício de Nassau, que ocorreu em 1644.  Custosa, a obra demorou a ficar pronta e Maurício de Nassau, em comemoração, prometeu fazer um boi voar sobre a ponte. Na hora marcada, um boi de couro empalhado, suspenso por cordas e movido por roldanas, arrancou gargalhadas do público.

Neste domingo, o boi foi recebido com aplausos das pessoas que acompanharam o espetáculo e fogos.  A encenação foi uma releitura de trechos do Espetáculo Batalha dos Guararapes.

Recife Antigo

Aqueles que foram festejar, neste domingo, contaram com diversos polos onde várias atrações se apresentaram. No Marco Zero, se apresentaram o Maracatu Nação Cabinda Estrela, o Boi Faceiro e Bumba meu Boi. O desfile dos Bonecos Gigantes contou com a presença da orquestra de frevo, além do Bloco Lírico Cordas e Retalhos.

Além das atrações, o letreiro da cidade também ganhou uma nova pintura. As letras foram grafitadas por nomes como Vacilantes, Raffa Mattos e Maria Filó, cada uma representando uma homenagem a um ícone da cultura pernambucana.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias