Páscoa

Missa e doações para celebrar a ressurreição de Cristo no Grande Recife

Primeira celebração do domingo de Páscoa será em Olinda, com missa presidida por Dom Fernando Saburido

Da editoria de Cidades
Da editoria de Cidades
Publicado em 31/03/2018 às 20:59
Foto: André Nery/ Acervo JC Imagem
Primeira celebração do domingo de Páscoa será em Olinda, com missa presidida por Dom Fernando Saburido - FOTO: Foto: André Nery/ Acervo JC Imagem
Leitura:

O Domingo de Páscoa marca a grande festa da Semana Santa. O dia começa com missa, às 9h, na Igreja da Sé, em Olinda. A celebração será presidida pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, com hinos e trechos bíblicos sobre a Ressurreição de Jesus.

“Tudo converge para o domingo, para a festa da ressurreição. As pessoas precisam valorizar mais esse momento, pois o Cristo superou a morte, evoluiu. Nós também devemos nos renovar, superar nossos desafios, acreditar em dias melhores”, ressaltou dom Fernando Saburido.

Já às 18h, o arcebispo preside a celebração eucarística na Missa da Ressurreição, na Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante, em Itapissuma, na Região Metropolitana. Na ocasião, também será celebrado o aniversário de 34 anos da paróquia.

“É um convite a toda a comunidade, para celebrar a vida, a passagem de Cristo para uma nova existência, assim como deve ser a nossa Páscoa pessoal, com atitudes melhores”, disse o padre Ivan Maciel, pároco da matriz. Após a missa, serão cantados os parabéns e distribuído bolo para a comunidade.

Outro integrante do clero que ressalta a importância da Páscoa e das novas atitudes é o fundador e presidente da Fundação Terra, padre Airton Freire. “É possível mudar quando a motivação é nobre, quando se quer transformar. Aqui continuamos, fazendo essa travessia. Para os que nos apoiam, nosso agradecimento e o pedido para que continuem conosco”, disse. A instituição, localizada em Arcoverde, no Sertão, desenvolve trabalho filantrópico ao longo de todo o ano, atendendo crianças, adolescentes, idosos, além de manter um centro de reabilitação que atende crianças com microcefalia de 35 cidades da região.

DOAÇÕES

Alguns grupos se reúnem neste domingo para vivenciar os ensinamentos cristãos e promover uma Páscoa solidária. Doação, fraternidade e solidariedade marcam as ações. Uma delas acontece no Abrigo Lar de Jesus, na Torre, Zona Oeste do Recife. A iniciativa da microempresa Bibi Cake mobilizou doações pelas redes sociais e produziu bolos que serão entregues às 11h. O encontro será aberto ao público.

“É a primeira vez que realizamos campanha neste período. Um dos sócios desenvolve trabalho voluntário no lar e isso motivou a escolha, pela credibilidade do local. Também é uma forma de atender outro público, já que a Páscoa tem um apelo mais infantil”, explicou a sócia da Bibi Cake, Bianca Negromonte.

Na Igreja do Carmo, em Olinda, o frei Luiz Nunes recebe a comunidade para a bênção de Páscoa, às 17h, seguida por um jantar solidário, no salão de festas do templo. “É um momento de oração para todos, sem distinção de religião. Vamos celebrar a fraternidade, vendo no irmão o Cristo ressuscitado”, explica o frei.

Pelo segundo ano consecutivo, a igreja promoveu a campanha “Eu tive fome e me deste o que comer”, inspirada no Evangelho de São Mateus, com o objetivo de arrecadar itens para mil cestas básicas. “Contamos com a solidariedade da população e ultrapassamos esse número, chegando a 1.150 cestas, que serão distribuídas para o público após o jantar e também para algumas instituições de caridade”, disse.

Já a Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Justiça de Pernambuco arrecada produtos de higiene pessoal que serão destinados à Casa La Maison de La Pitié (A casa da piedade). Criada em 2017, pela Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Santo Amaro, região central da cidade, o espaço ajuda pessoas em situação de rua e famílias carentes. Lá, elas tomam banho, fazem orações e jantam.

As doações podem ser entregues até 8 de maio. “A campanha tem formato diferente a cada ano, atendendo diversos públicos. Este ano, as doações são para a casa, que ampara cerca de cem pessoas por dia”, disse a diretora de Desenvolvimento Humano da SGP, Valéria Temporal.

Sem esquecer o lúdico da data, o Projeto Em Ação Mãos Amigas arrecada doces que serão distribuídos para crianças em situação de risco e vulnerabilidade social, atendidas por instituições de Itapissuma, no Grande Recife. A distribuição será feita este mês, com brincadeiras e histórias. Os interessados ainda podem doar caixas de bombons, pirulitos e chocolates.

Últimas notícias