GÁS DE COZINHA

Explosão de gás deixa casal gravemente ferido em Jaboatão

Uma terceira pessoa teria ficado ferida com a explosão, mas não foi identificada

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 19/04/2018 às 6:00
Foto: Cinthia Ferreira/TV Jornal
Uma terceira pessoa teria ficado ferida com a explosão, mas não foi identificada - FOTO: Foto: Cinthia Ferreira/TV Jornal
Leitura:

Uma explosão de gás deixou um casal com ferimentos graves na madrugada desta quinta-feira (19) em Cajueiro Seco, Jaboatão dos Guararapes. O incidente aconteceu na Rua Nossa Senhora de Fátima por volta das 3h30. Uma terceira pessoa teria ficado ferida, mas não foi identificada.

Segundo testemunhas, uma das vítimas acendeu a luz do cômodo onde estava o botijão quando aconteceu a explosão. Mike Jair Roberto da Silva, de 20 anos, e a namorada Andréa Gonçalves da Silva, 45, tiveram mais de 50% do corpo queimado. As vítimas foram socorridas por uma equipe do Samu e encaminhadas ao Hospital da Restauração.

De acordo com a filha do casal, Juliete Alves, as vítimas tinham acabado de se mudar para o imóvel nesta quarta-feira (18). Segundo ela, durante a mudança, Andréa teria retirado a mangueira do botijão e sentido que o gás estaria vazando. Mesmo assim, após se instalar na nova residência, ela teria colocado a mangueira do botijão de volta no fogão, levantando a hipótese de que o vazamento teria provocado a explosão.

O Corpo de Bombeiros foi acionado cerca de vinte minutos após a explosão e enviou duas viaturas ao local para controlar o incêndio provado pela explosão e fazer o trabalho de rescaldo. O imóvel, que foi interditado pelos Bombeiros, ficou parcialmente destruído e uma barbearia ao lado teve a sua estrutura comprometida. Uma equipe da Defesa Civil de Jaboatão foi acionada para avaliar os danos.

 De acordo com o Hospital da Restauração, o estado de saúde de Mike Jair é grave e o de Andréa Gonçalves é gravíssimo. 

Outro caso

Em novembro do ano passado, uma explosão de botijão de gás também deixou feridos no Alto da Fábrica, no bairro Padre Roma, em Jaboatão dos Guararapes. Após perceber que o gás estava vazando, uma das vítimas acendeu a luz para tentar resolver o problema. Foi neste momento que houve a explosão e sete pessoas da mesma família foram atingidas, entre elas um bebê de um ano. 

Todos foram socorridos para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, no Recife. Daniel Rodrigo da Silva Anacleto, de um ano, morreu quatro dias depois do acidente. A irmã dele, Nicole Beatriz da Silva Anacleto, de 3 anos, também não resistiu e morreu no hospital dois dias depois dele.

Últimas notícias