ABREU E LIMA

Alimentos e remédios vencidos são apreendidos em lar de idosos na RMR

No abrigo de idosos foi contatada, também, a presença de animais silvestres e profissionais atuando no abrigo sem a capacitação necessária

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 26/04/2018 às 11:50
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
No abrigo de idosos foi contatada, também, a presença de animais silvestres e profissionais atuando no abrigo sem a capacitação necessária - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Leitura:

Em vistoria, na manhã desta quinta-feira (26), a Vigilância Sanitária encontrou irregularidades no Lar Nossa Senhora da Conceição, um abrigo de idosos que fica em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. Segundo a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), mais de 20kg de alimentos e remédios com prazo de validade vencidos foram apreendidos pelo Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon) de Pernambuco.

Além disso, no local, foi constatada a presença de animais silvestres e profissionais atuando no abrigo sem a capacitação necessária. A vistoria foi uma ação conjunta entre o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e o Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (CIAPPI).

Abrigo autuado

Também em Abreu e Lima, no mês de fevereiro, outro abrigo para idosos foi alvo de fiscalizações e acabou sendo notificada por apresentar irregularidades que colocavam em risco a saúde, a segurança e os direitos humanos dos 19 idosos que, na época, eram abrigados no local.

A instituição foi autuada pelo Procon Pernambuco, pela Promotoria de Justiça de Abreu e Lima e pela Vigilância Sanitária e intimada a cumprir exigências como: não admitir o acolhimento de novos idosos até que as exigências tenham sido atendidas, levar para unidade de saúde e apresentar laudo médico de idoso que apresentava ferimentos na pele, acionar família para retirada do residente que não é idoso, apresentar contrato de trabalho do médico e enfermeira que prestam assistência à instituição, apresentar os contratos de prestação de serviços com os dados dos idosos devidamente preenchidos, entre outras exigências.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias