DEMOLIÇÃO

Imóvel onde houve explosão de gás em Jaboatão será demolido

De acordo com a prefeitura, a demolição do imóvel está prevista para esta quarta-feira (9)

JC Online
JC Online
Publicado em 08/05/2018 às 10:10
Foto: Cinthia Ferreira/TV Jornal
De acordo com a prefeitura, a demolição do imóvel está prevista para esta quarta-feira (9) - FOTO: Foto: Cinthia Ferreira/TV Jornal
Leitura:

Está prevista para esta quarta-feira (9) a demolição do imóvel onde ocorreu a explosão de gás, no bairro de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes. O acidente aconteceu no dia 19 de abril, na comunidade dos Coquinhos, e deixou uma mulher morta e um homem gravemente ferido.

O prédio deve começar a ser demolido a partir das 9h e a previsão é que os trabalhos durem cerca de dez dias. Tanto o imóvel quanto a Rua Nossa Senhora de Fátima, onde ele está localizado, continuam isolados e são monitorados 24h por uma equipe de vigilância da Defesa Civil do município para evitar novos acidentes.

Nesta quarta-feira, o trabalho começa com o escoramento do prédio por meio de vigas. Técnicos avaliarão a possibilidade da entrada de moradores para retirar objetos e documentos pessoais antes da demolição.

A explosão

Segundo as vítimas, um casal que havia se mudado para residência no dia anterior, o botijão estava com vazamento de gás. Durante a madrugada, Andréa Gonçalves da Silva, de 45 anos, teria acendido um cigarro e provocado o incêndio. As chamas atingiram todo o imóvel e deixaram o local parcialmente destruído.

Andrea Gonçalves da Silva, de 45 anos, sofreu queimaduras em 90% do corpo e morreu quatro dias após o acidente no Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, no Recife. Já o companheiro dela, Mayke Roberto da Silva, de 20 anos, teve 50% do corpo atingido pelo fogo e continua internado no HR. O jovem está estável, mas ainda não tem previsão de alta.

Últimas notícias