SÃO JOÃO

Grupo da Macaxeira vence o 16º Concurso de Quadrilhas Juninas Infantis

A Junina Menezes na Roça se inspirou no clássico Cinderela e falou sobre a importância de combater o trabalho infantil

JC Online
JC Online
Publicado em 29/06/2018 às 3:15
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Com o tema “Acredite. Tudo tem seu tempo”, a Junina Menezes na Roça foi a grande vencedora do 16º Concurso de Quadrilhas Juninas Infantis, somando 120 pontos. O resultado foi anunciado na madrugada desta sexta-feira (29), após a apresentação de cinco finalistas no Sítio Trindade, em Casa Amarela, Zona Norte do Recife.

O grupo, fundado na Macaxeira, Zona Norte da cidade, levou 32 participantes entre 6 e 16 anos para apresentar o espetáculo inspirado no clássico Cinderela, da Disney. “Começamos a procurar algo que nunca tinha sido feito no arraial. Conseguimos trazer Cinderela para dentro do São João e também discutimos a questão do trabalho infantil para ajudar na conscientização de que a criança tem que brincar, sonhar, dançar, e não trabalhar”, explicou o marcador Danilo Menezes.

A Junina Menezes na Roça receberá R$ 5 mil, além do prêmio de R$ 3 mil pela classificação para a etapa final do concurso.

Em segundo lugar, com 119,4 pontos, veio a Junina Sapeca. Com o tema “Nem tudo é o que parece ser”, o grupo do Morro da Conceição, na Zona Norte do Recife, fez um alerta sobre os perigos do uso das redes sociais por crianças sem o acompanhamento dos pais. A quadrilha será premiada com R$ 4 mil, além dos R$ 3 mil que receberá pela classificação para a etapa final.

O terceiro lugar do 16º Concurso de Quadrilhas Juninas Infantis ficou com a Brincant’s Show Mirim, que somou 119,3 pontos. Fundado em 2001, no Ibura, Zona Sul do Recife, o grupo contou a história de um bonequeiro cujas criações ganham vida no São João para convencer seus netos sobre o valor das brincadeiras antigas.

A Fusão e a Raízes do Rosário ficaram em quarto e quinto lugar, respectivamente, com 119,1 e 117,5 pontos.

Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Categorias

Além dos três prêmios principais, foram entregues troféus nas seis categorias avaliadas pelos 18 jurados:

Melhor Coreografia - Junina Raízes do Rosário 

Melhor Desenvolvimento de Tema - Junina Menezes na Roça 

Melhor Figurino - Junina Menezes na Roça 

Melhor Casamento - Junina Menezes na Roça 

Melhor Marcador - Junina Fusão

Melhor Trilha Sonora - Junina Sapeca

Quadrilhas Juninas Adultas

Após dez dias de eliminatórias, o 34º Concurso de Quadrilhas Juninas Adultas chegou à etapa final. Nesta sexta-feira (29) e no sábado (30), a partir das 20h, os 12 grupos finalistas se apresentam no principal reduto de festejos juninos do Recife, o Sítio Trindade, em Casa Amarela, na Zona Norte da cidade.

Das 42 quadrilhas habilitadas, passaram de fase Raio de Sol, Mandacaru, Junina Tradição, Lumiar, Dona Matuta, Junina Coração, Zabumba, Origem Nordestina, Raízes, Junina União, Evolução e Zé Matuto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias