CABO DE SANTO AUGUSTINHO

Pastor denunciado por maus tratos em abrigo é preso no Cabo

O pastor Eddy de Jesus, como é conhecido, foi denunciado por nove mulheres e três adolescentes acolhidas pelo abrigo para dependentes químicos

Ana Tereza Moraes
Ana Tereza Moraes
Publicado em 16/01/2019 às 11:39
Foto: Reprodução/TV Jornal
O pastor Eddy de Jesus, como é conhecido, foi denunciado por nove mulheres e três adolescentes acolhidas pelo abrigo para dependentes químicos - FOTO: Foto: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

O pastor Edson Alberto Queiroz da Silva, denunciado por maus tratos por nove mulheres e três adolescentes, foi preso nesta quarta-feira (16). O pastor Eddy de Jesus, como é conhecido, administra uma casa de acolhimento para dependentes químicos no Cabo de Santo Augustinho, Região Metropolitana do Recife.

De acordo com informações da Delegacia do Cabo de Santo Augustinho, o abrigo funcionava sem a autorização necessária. O pastor de 41 anos é acusado de cometer violência física e psicológica contra mulheres e crianças acolhidas pela casa.

O presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Cabo informou que a atitude de denunciar o homem pelos maus tratos partiu da mãe de uma adolescente acolhida pela casa. Segundo o Conselho Tutelar, as menores de idade foram encaminhadas para outra instituição na cidade e as mulheres para casa de parentes.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias