SEMANA SANTA

Procissão leva fiéis às ruas de Olinda na Sexta-feira Santa

A caminhada saiu da Catedral da Sé, onde dom Fernando Saburido celebrou a Liturgia da Paixão

Editoria de Cidades
Editoria de Cidades
Publicado em 19/04/2019 às 18:18
Notícia
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
A caminhada saiu da Catedral da Sé, onde dom Fernando Saburido celebrou a Liturgia da Paixão - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Leitura:

Uma multidão emocionada percorreu nesta sexta-feira (19) as ruas do Sítio Histórico de Olinda, no Grande Recife, durante a procissão do Senhor Morto. A caminhada saiu da Catedral da Sé, onde dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, celebrou a Liturgia da Paixão no início da tarde. A Sexta-feira Santa é o único dia do ano em que não há Eucaristia e o altar fica descoberto, sem nenhuma decoração no presbitério. 

Maria José da Silva, 58, participa da celebração religiosa que marca a Paixão de Cristo há mais de uma década. Nesta Sexta-feira Santa, ela seguiu a procissão pela primeira vez. “É um momento de muita fé e devoção. Temos que agradecer a Ele o sacrifício que fez por todos nós na cruz”, defendeu. 

A dona de casa Maria Antônia da Costa, 59, também participou da procissão pela primeira vez. Ela, que mora em Rio Doce, em Olinda, foi acompanhada do marido até o Alto da Sé para agradecer. "É um período de paz para o coração."

A professora Sandra Melo, 47, levou a filha Clarice, de 5 anos, para participar da celebração religiosa. "Venho todos os anos. Ela, é o segundo ano. O que me traz é a lembrança da Paixão e amor que tenho pela religião." 

Silêncio e oração

“Este é um dia de silêncio e oração, que segue até amanhã (hoje) ao pôr do sol, quando vamos anunciar a Páscoa. É uma celebração muito bela e significativa, para externar nossa gratidão ao Cristo, que morreu por todos nós”, explicou o arcebispo de Olinda e Recife.

Últimas notícias