Missa de Páscoa encanta fiéis na Catedral da Sé, em Olinda

Cerimônia foi presidida pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 21/04/2019 às 11:32
Notícia
Foto: Renata Monteiro/JC
Cerimônia foi presidida pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido - FOTO: Foto: Renata Monteiro/JC
Leitura:

Centenas de cristãos acompanharam, na manhã deste domingo (21), na Catedral da Sé, em Olinda, a Missa da Ressurreição do Senhor, presidida pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. A cerimônia, que marcou o término da Quaresma e início do Tempo Pascal, é considerada pelos católicos um momento de celebração, pois festeja a vitória de Jesus sobre a morte.

"Hoje é o dia da ressurreição de Jesus. Nós nos preparamos durante todo o tempo da Quaresma para celebrar essa festa, a
principal do ano litúrgico, porque, de fato, se Cristo não tivesse ressuscitado, a nossa fé seria vã, como disse São Paulo na carta
que ele escreveu para a comunidade cristã", afirmou dom Fernando pouco antes de iniciar a cerimônia."Tudo é festa nos convidando à mudança, ao compromisso com a fé, ao compromisso com os pobres, de uma maneira especial", concluiu o sacerdote.

SEMANA SANTA

Iniciada no último dia 14, Domingo de Ramos, a Semana Santa é o período mais importante para a igreja Católica, onde se revive os passos de Jesus Cristo até a sua morte na cruz e, posteriormente, sua ressurreição. Durante o período, todas as 138 paróquias que fazem parte da Arquidiocese de Olinda e Recife tiveram celebrações.

Para o supervisor operacional Wilmar Tavares, de 61 anos, que veio de Fortaleza com a esposa passar o feriado de Páscoa em Pernambuco, o mais importante deste período é que seus frutos sejam propagados em outras épocas do ano. "Esse é um tempo de renovação. O mais importante, a meu ver, é que a Páscoa em si não seja só mais um dia, que ela dure o ano todo", observou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias