EM FRENTE BRASIL

Moro autoriza prorrogação da ação da Força Nacional em Paulista, no Grande Recife

O emprego da Força Nacional em Paulista tem foco no programa Em Frente Brasil - Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 27/12/2019 às 10:50
Notícia
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
O emprego da Força Nacional em Paulista tem foco no programa Em Frente Brasil - Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O Ministério da Justiça autorizou a prorrogação do emprego da Força Nacional de Segurança Pública no município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), e nas cidades de Ananindeua, Pará, Cariacica, no Espírito Santo, Goiânia, em Goiás, e São José dos Pinhais, no Paraná. A prorrogação do apoio à segurança dos Estados, nas capitais ou regiões metropolitanas, está sendo feita por mais 180 dias, a contar de 28 de dezembro de 2019, encerrando em 24 de junho de 2020.

O emprego da Força Nacional nesses Estados tem foco no programa Em Frente Brasil - Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta, para atuar nas ações de policiamento ostensivo nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

O prazo de apoio prestado pela Força Nacional poderá ser prorrogado, se necessário e se for solicitado.

26,3% menos homicídios

Segundo o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), desde o início do programa Em Frente Brasil, do Governo Federal, no fim de agosto de 2019, o município de Paulista, no Grande Recife, um dos cinco beneficiados pelo programa em todo o país, teve redução de 26,3% no número de homicídios dolosos, seguindo uma tendência já registrada pela Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco.

Segundo os números divulgados no dia 3 de dezembro de 2019 pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, em seu perfil oficial no Twitter, entre 30 de agosto e 30 de novembro de 2019, a cidade pernambucana teve quatro mortes a menos que o mesmo período em 2018, saindo de 19 para 14 homicídios.

Tendência

Dados da SDS mostram que de 2017 para 2018, Paulista registrou redução de 43,05% na taxa de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Assim, os índices do Em Frente Brasil seguem uma tendência de redução já apontada pelo órgão estadual.

O número saiu de 223 homicídios dolosos em 2017 para 127 em 2018. Este dado, porém, é diferente do divulgado por Moro. De acordo com a publicação do ministro, a cidade teve 115 CVLIs em 2018.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias