Interdição

Academias irregulares são interditadas em Olinda, no Grande Recife

Em janeiro, oito academias foram interditadas em Recife e Olinda

Debora Bruna Oliveira
Debora Bruna Oliveira
Publicado em 14/01/2020 às 13:45
Notícia
Foto: Divulgação/CREF12
Em janeiro, oito academias foram interditadas em Recife e Olinda - FOTO: Foto: Divulgação/CREF12
Leitura:

Na manhã desta terça-feira (14), o Conselho Regional de educação Física da 12ª Região Pernambuco - CREF12/PE e o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), interditaram duas academias localizadas nos bairros de Rio Doce e Ouro Preto, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Ao todo, do dia 9 de janeiro até esta terça, oito academias foram interditadas nos municípios de Olinda e Recife. De acordo com a CREF12, os estabelecimentos, em sua maioria, estavam em situação precária, em que ofereciam maquinários antigos cobertos por ferrugem, além de pisos irregulares, bancos rasgados e, em uma delas, a estrutura de sustentação do prédio apresentava rachaduras. Ainda segundo o órgão, em um dos estabelecimentos também foi encontrado seringas para uso de esteroides e anabolizantes.

>> Procon Recife faz fiscalização em barracas nas praias do Pina e Boa Viagem

As academias irregulares se encontravam nos bairros de Águas Compridas, Sapucaia, Rio Doce, Ouro Preto, Jardim Fragoso, em Olinda e no Córrego do Jenipapo e Boa Viagem, no Recife.

Todos os estabelecimentos funcionavam sem a orientação de um Responsável Técnico, como determina a Lei Federal 9696/98 e 9695/98 que acrescenta incisos ao art. 1° da Lei 8.072/90, que considera infração gravíssima, manter em funcionamento equipamentos de saúde sem o Responsável Técnico.

População

De acordo com o CREF12/PE, a população deve sempre estar atenta para que não caia nas mãos de curiosos que podem causar danos muitas vezes irreparáveis à saúde.  

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias