Protesto

Manifestantes realizam protesto por moradia na Prefeitura de Olinda

O protesto teve como motivação a falta de moradia

Foto: Clemilson Campos/Acervo JC Imagem
O protesto teve como motivação a falta de moradia - FOTO: Foto: Clemilson Campos/Acervo JC Imagem
Leitura:

Na manhã desta quinta-feira (23), uma comissão formada por integrantes dos movimentos sociais voltados para área da moradia ocupou o prédio da Prefeitura de Olinda, no Grande Recife, em forma de protesto por falta de moradia.

De acordo com a prefeitura da cidade, alguns integrantes forçaram a entrada e invadiram o prédio pela janela do Palácio dos Governadores. Mesmo diante do ato, não houve incidentes com as pessoas ou danos ao patrimônio histórico.

Ainda segundo o órgão, mesmo após a invasão, houve uma reunião com os manifestantes na sede da administração municipal. 

>> Saiba como se inscrever nas 400 vagas gratuitas de qualificação profissional em Olinda

>> Médicos da UPA Olinda denunciam ameaça de redução de quadro de plantonistas

Habitacionais

Em nota, a Prefeitura informou que a política habitacional é uma prioridade da atual gestão e que desde 2017 foram entregues os  habitacionais Carlos Lamarca, na IV Etapa de Rio Doce (304 apartamentos), Vila Brasília, em Peixinhos (400 apartamentos) e Cuca Legal 1, em Jardim Brasil II (128 apartamentos).

O órgão também disse que atualmente 1.376 famílias recebem o benefício de R$130 e cerca de duas mil estão na fila de espera. A expectativa é que em 2020 dois habitacionais sejam entregues à população.

Últimas notícias