PRÉVIAS

Dragão do Eu acho é Pouco em Olinda e blocos líricos no Recife neste domingo

O primeiro dia da semana terá prévia do bloco vermelho e amarelo. Na capital pernambucana a festa será na Rua da Aurora

Margarida Azevedo Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 23/01/2016 às 20:13
Foto: Alexandre Gondim /  JC Imagem
O primeiro dia da semana terá prévia do bloco vermelho e amarelo. Na capital pernambucana a festa será na Rua da Aurora - FOTO: Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem
Leitura:

Se a ideia é começar a semana esquentando para o Carnaval, há pelo menos duas boas prévias neste domingo (24). Bem diferentes, mas ambas com promessa de reunir muita gente. Em Olinda, o bloco Eu Acho é Pouco realiza ensaio aberto pelo Sítio Histórico, com direito a uma animada orquestra de frevo, dragão e uma das batucadas mais animadas da Cidade Patrimônio da Humanidade. No Recife, a proposta é resgatar o saudosismo dos frevos de bloco no Aurora dos Carnavais, que acontece na Rua da Aurora, em Santo Amaro, área central da cidade.

A farra em Olinda começa cedo. Os seguidores do dragão vão se encontrar na sede do bloco, na Rua de São Bento, por volta das 9h. A promessa é uma hora depois (porque nada de rigor com horário, afinal, é quase Carnaval) sair pelas ruas da Cidade Alta. O percurso é diferente do realizado durante a folia oficial. 

O bloco parte da sede em direção à prefeitura, desce pela 27 de Janeiro, toma a Prudente de Morais, sobe um trecho da Ladeira da Misericórdia, segue pela Rua do Bonfim e termina na Praça do Carmo. Um banho de mangueira, com carro-pipa, para aliviar o calor, encerra a festa no Sítio de Seu Reis.

Trinta blocos líricos vão participar do Aurora dos Carnavais, dois a mais que em 2015. A 17ª edição do evento promete, mais uma vez, encantar crianças, adultos e idosos. “É uma prévia para ir com toda a família. Não há confusão. Celebramos com muita alegria os antigos Carnavais, os frevos de bloco”, diz a coordenadora da festa, Wena Souza.

Às 16h um cortejo com os 30 flabelos partirá do Monumento Tortura Nunca Mais até o palco montado em frente à sede do Banco Central. Os blocos começam a se apresentar às 17h. As músicas serão executadas pelo grupo De Salto no Frevo e Orquestra Evocações de Barbosa. O Coral Edgar Morais e o cantor Claudionor Germano farão participações especiais.

Últimas notícias