Folia 2017

Madeira do Rosarinho reafirma tradição com 90 anos de Carnaval

Bloco, cujo hino se transformou em símbolo da folia pernambucana, já ganhou mais de 20 campeonatos

Ciara Carvalho
Ciara Carvalho
Publicado em 16/02/2017 às 8:32
JC Imagem
Bloco, cujo hino se transformou em símbolo da folia pernambucana, já ganhou mais de 20 campeonatos - FOTO: JC Imagem
Leitura:
Quis o destino que o segundo lugar num desfile de Carnaval se transformasse em mote para um dos hinos mais cantarolados (e queridos) da folia pernambucana. O refrão “Queiram ou não queiram os juízes, o nosso bloco é, de fato, campeão” faz coro por onde passa. Presente do compositor Capiba, para corrigir uma injustiça, virou símbolo tão forte que deu ao bloco Madeira do Rosarinho um lugar de afeto no coração do folião que vai além do Carnaval.



Com 90 anos, o bloco nasceu de uma dissidência de outro conhecido de velhos carnavais, o Inocente do Rosarinho. No 5º dia da série de videorreportagens “Ensaios de Carnaval”, Madeira fala do orgulho de ter conquistado mais de 20 campeonatos, com a proeza de ser o único que ostenta o título de pentacampeão.


EM BUSCA DA TAÇA


“No ano passado, ficamos em 2º lugar por 28 décimos. Este ano, a taça vai ser nossa”, garante o presidente Reginaldo de Santana, o Dida. Fala com a autoridade de quem é feito de madeira de lei, aquela que cupim não rói.



O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias