Carnaval 2020

Show de abertura do Carnaval do Recife tem críticas a Bolsonaro e exaltação a jornalistas

Antonio Nóbrega disparou críticas ao governo federal e dedicou espetáculo no Marco Zero aos artistas e jornalistas brasileiros

Amanda Azevedo
Amanda Azevedo
Publicado em 21/02/2020 às 21:13
Notícia
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Do palco montado no Marco Zero, no Bairro do Recife, Antonio Nóbrega, responsável pelo espetáculo de abertura do Carnaval 2020 da cidade, nesta sexta-feira (21), disparou críticas ao governo federal. Citando trechos do artigo "Apatifam-nos", escrito por Luis Fernando Verissimo em fevereiro deste ano, o multiartista afirmou que há uma guerra aberta contra a cultura no Brasil. A apresentação foi dedicada aos artistas e jornalistas brasileiros.

>> Confira a abertura do Carnaval 2020 do Recife

>> Na abertura do Carnaval no Recife, Antonio Nóbrega canta música em homenagem a Marielle Franco

"Eu levo uma grande lição desse trabalho, a criatividade do povo brasileiro. Historicamente, o artista brasileiro sempre teve de enfrentar enormes dificuldades para vencer os desafios que lhe são impostos, e a situação que enfrentamos é a mais preocupante da nossa história. Há uma guerra aberta com a área de cultura e ameaça de um retrocesso obscurantista nas prioridades de um governo que ainda não aceitou sequer Copérnico. Para quem não sabe, foi ele quem descobriu há mais de 600 anos que havia movimento de rotação e translação. Se não chegou a Copérnico, muito mal chegou a Darwin", afirmou.

>> Veja a programação completa do Carnaval 2020 do Recife

>> Veja a programação completa do Carnaval 2020 de Olinda

O show de abertura da festa, que passeou do lírico ao político, foi dedicado aos artistas e jornalistas brasileiros. Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) envolveu-se em uma polêmica ao ofender uma repórter do jornal Folha de S.Paulo.

"Aumentam cortes em gastos sociais, além de cortes em direitos históricos dos trabalhadores. Aumenta a defloração da Amazônia e aumentam as ameaças à imprensa. Por isso, meus amigos, esse espetáculo é dedicado ao povo brasileiro, mas, sobretudo, ao artista e ao jornalista brasileiro", finalizou antes de começar a cantar a canção "Quem mandou matar Marielle?", em homenagem a vereadora assassinada no Rio de Janeiro, em março de 2018.

>> Bolsonaro dispara ofensa de cunho sexual contra repórter ao deixar Alvorada

>> Artistas fazem vídeo de repúdio à fala de Bolsonaro contra repórter

Abertura do Carnaval 2020 do Recife

Antonio Nóbrega e o Grupo Matulão de Dança ficaram cerca de uma hora no palco em um espetáculo com canções originais, criadas especialmente para a festa. Composições mais antigas e outras do último álbum lançado pelo artista (Rima) completaram o repertório do show, com 20 bailarinos e dez músicos.

O grupo abriu espaço para o Bloco das Flores e o maestro Edson Rodrigues, os dois homenageados do Carnaval 2020 do Recife com seus convidados, a partir das 21h. Fundado em 1920, bloco lírico comemorou 100 anos em janeiro último e subiu ao palco com 50 mulheres vestidas com roupas na cor salmão salpicadas de borboletas, flores e beija-flores, 17 homens, 12 crianças e 20 músicos que tocam instrumentos de pau e corda.

Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias