É CARNAVAL!

Confira a noite de Carnaval deste sábado (22), no Marco Zero, no Recife

Gabi Amarantos foi uma das atrações do Carnaval no Marco Zero

Thalis Araújo e Carolina Fonsêca
Thalis Araújo e Carolina Fonsêca
Publicado em 22/02/2020 às 18:53
Notícia
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 02h49

A noite do sábado (22) de Carnaval no Recife foi das mulheres no palco do Marco Zero, com discursos pedindo respeito e de combate ao assédio. O palco principal, no Marco Zero, foi tomado por shows de Gaby Amarantos, Nena Queiroga (e convidadas), Elza Soares, além da peça a Dita Curva, protagonizada pelas artistas Flaira Ferro, Aishá Lourenço, Aninha Martins, Isaar, Isadora Melo, Laís de Assis, Luna Vitrolira, Paula Bujes, Sofia Freire e Ylana Queiroga.

>> ''O negócio é ir para a rua'', diz Elza Soares após gritos contra Bolsonaro no Carnaval do Recife

>> Não tem pra ninguém: Galo da Madrugada reina absoluto

>> Pabllo Vittar arrasa com fantasia de 'coelhinha da playboy' em estreia no Galo da Madrugada

A cantora Michelle Melo também se apresentou e fez um discurso em defesa do respeito. "Se eu uso roupa curta e gosto de rebolar, se eu abuso do decote, é porque eu quero mostrar. O meu corpo é meu e eu mando, ninguém mete a colher. Eu só preciso de respeito para ser o que eu quiser", disse Michelle antes de iniciar o clássico do brega 'Baby Doll', em ritmo de frevo.

Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
- Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

 

Representatividade

Já Gaby cobrou que as mulheres tenham seu espaço não somente no Carnaval. "É um momento extremamente necessário, e queremos ver essa representatividade não só no Carnaval. Queremos estar em todos os espaços, mas isso não quer dizer que os homens também não podem", explicou.

>> 'Periferia tem voz, tem direito de sonhar', diz Michelle Melo sobre brega no Carnaval do Recife 2020

>> Veja como foi o o show da Musa no Carnaval do Recife 2020

>> Veja imagens da abertura do Carnaval do Recife 2020

>> Veja a previsão do tempo para o domingo no Carnaval do Recife e Olinda em 2020

Confira

>> Programe-se para o domingo do Carnaval 2020 em Olinda

>> Veja a previsão do tempo para o domingo no Carnaval do Recife e Olinda em 2020

>> Veja os shows do Marco Zero do Recife no domingo do Carnaval 2020, a noite do samba

>> Festa do maracatu de baque solto começa neste domingo (23)

>> Veja programação infantil no Grande Recife do Domingo de Carnaval 2020

>> Que tal dar a volta ao mundo em torno do Carnaval?

ELZA SOARES

O show de Elza Soares neste sábado no Marco Zero teve de ser interrompido por problemas técnicos no palco, que precisou ter as cortinas fechadas para que fosse resolvido o problema - que ocorreu no gerador principal. Foram alguns minutos de paralisação até que o show voltasse.

Antes da interrupção, Elza deu um recado político aos foliões que entoaram gritos contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. Após um 'Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*', Elza alertou: "não adianta mandar o cara tomar aqui, tomar ali gente. O negócio é ir para a rua. É bobagem, a gente não tem que mandar nada, tem que ir para a rua, é na rua que a gente faz a reviravolta, nas ruas", afirmou a cantora, que também defendeu que "não é não", fazendo referência à campanha contra o assédio.

PREFEITO

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), também falou sobre a importância da noite destinada às mulheres. "Uma noite muito importante que trata de um tema sério, violência, assédio, não é tema engraçado, precisa ser combatido. Fazemos campanha do 'Não é Não', respeite o limite do outro faça com consentimento, nada forçado", afirmou o gestor.

Últimas notícias