Queda

Estudante que caiu de ônibus na Imbiribeira recebe alta do Hospital da Restauração

Com a queda, a jovem sofreu escoriações leves

JC Trânsito
JC Trânsito
Publicado em 08/07/2016 às 11:05
Cortesia
Com a queda, a jovem sofreu escoriações leves - FOTO: Cortesia
Leitura:

A estudante Nathália da Silva Dantas, de 16 anos, que caiu de um ônibus na noite dessa quinta-feira (7), recebeu alta do Hospital da Restauração (HR), onde estava sob observação na unidade de trauma. O caso aconteceu por volta das 18h e a estudante estava em um ônibus da empresa Vera Cruz, que faz a linha Aeroporto/Jordão Alto. 

Segundo Maria José da Silva, mãe de Nathália, o ônibus estava saindo do Aeroporto Internacional dos Guararapes, no bairro da Imbiribeira, na Zona Oeste do Recife quando o acidente aconteceu. A jovem estava indo para a casa do pai, no Jordão Alto, e pegou o coletivo."O ônibus estava superlotado e Nathália estava encostada na porta de trás", declarou Maria José, em entrevista à Rádio Jornal.

A estudante chegou a ficar internada no HR. De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital, a estudante sofreu escoriações leves. A assessoria de imprensa do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) afirmou, por meio de uma nota, que lamenta o fato ocorrido e que o veículo envolvido estava em perfeito estado de conservação. 

Confira a nota na íntegra:

A Expresso Vera Cruz lamenta o fato ocorrido, ontem (07/07/2016), à noite, e informa que todos os profissionais que fazem parte do quadro da empresa são experientes e passam constantemente por capacitações e programas de reciclagem que envolve direção defensiva, leis de trânsito, atendimento aos clientes, entre outros. Afirma que o veículo envolvido no sinistro está em perfeito estado de conservação, inclusive no que se refere ao bloqueio de portas.

Testemunhas afirmam que a passageira estava encostada na porta traseira quando o motorista parou para desembarque. O motorista ao tomar conhecimento do fato citado, de imediato, prestou socorro acionando o SAMU, aguardando sua chegada. A empresa continuará o seu firme propósito de atender o seu cliente de maneira eficaz e respeitosa, atitude que sempre pautou a Expresso Vera Cruz em sua atuação.

OUTROS CASOS - Esta não é a primeira vez que pessoas se acidentam ao cair de coletivos em movimento na RMR. Em maio de 2015, a estudante Camila Mirelli morreu ao cair de um ônibus que fazia a linha Barro/Macaxeira. Na época, estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde a jovem estudava, chegaram a fazer protestos pedindo aceleração do julgamento e melhorias no transporte público. O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) dividiu a responsabilidade do crime entre os operadores e os gestores no sistema, no caso, o Governo de Pernambuco.

Em junho de 2015, o jovem Harlynton Lima dos Santos, de 20 anos, faleceu depois de cair de um ônibus da empresa Vera Cruz, no Cais de Santa Rita, área central do Recife. Inquérito da Polícia Civil indiciou o motorista do coletivo por homicídio doloso, quando é assumido o risco de matar. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias