Direção

Recém-habilitados contam como tentam superar o medo de dirigir

Em agosto, 18.747 novos motoristas foram cadastrados nas categorias AB

Vinícius Barros
Vinícius Barros
Publicado em 12/09/2016 às 13:29
Cortesia
Em agosto, 18.747 novos motoristas foram cadastrados nas categorias AB - FOTO: Cortesia
Leitura:

Tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) costuma ser um ideal de muitos jovens logo que atingem a maioridade, aos 18 anos. O banco de passageiro é trocado pela cadeira do motorista. Alguns dos recém-habilitados sentem o medo de estar de frente ao volante ao virarem novos condutores. Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), milhares de novos condutores são postos nas pistas pernambucanas mensalmente. No mês passado, em agosto, 18.747 novos motoristas foram cadastrados nas categorias AB (moto e carro) e 35.064 só na categoria B (carro).

Em meio a esses números, a estudante Victória Carvalho, 20 anos, comentou sobre o nervosismo que sente toda vez que decide dirigir. "Eu tirei minha carteira com muita tranquilidade, mas ficava com medo de enfrentar o trânsito e como eu tinha que dirigir no carro do meu irmão, eu ficava com medo de bater", exclamou. Além disso, para ela, ter alguma companhia dentro do carro só atrapalha. "Eu fico mais nervosa quando tem alguém do meu lado, aí acabo estancando," ressaltou.

Já para a universitária Camila da Cunha, a responsabilidade de conduzir vem sendo superada dia após dia e, no caso dela, ter alguém ao lado também não ajuda. "Em 80% das vezes que dirijo, meu pai fica ao meu lado. Antes dava um suporte, hoje atrapalha", destacou. Para Camila, o maior medo ainda é a rampa e a segurança ao volante surgiu apenas depois de alguns treinos extras. "Fiz dez aulas práticas no trânsito para habilitados, porque não tava com coragem de dirigir. Depois, comecei a ir para faculdade e para o trabalho, mas ainda não me sinto segura para ir para outros lugares", relatou.

O serviço de aulas para habilitados ajuda esse tipo de condutor. Segundo o centro de Treinamento para Habilitados, os alunos só se inscrevem quando apresentam a CNH regularizada junto ao Detran. "Não somos autoescola. Nossas aulas são só na prática. Metade dos inscritos são pessoas que sentem medo de dirigir ou criaram algum trauma por causa da direção. Aqui não tem parte teórica, a aula é no trânsito mesmo".

De acordo com a psicóloga Maria Auxiliadora Borba, o receio de cada motorista deve ser analisado especificamente. "Existe dificuldade do habilitado em administrar aquele novo espaço em que ele está se inserindo, afinal, no trânsito, o carro é uma extensão do corpo. Aliado a isso, a condução do veículo depende única e exclusivamente do que o condutor fizer. Cada relato de medo de algum motorista deve ser considerado em particular. Na maioria dos casos aconteceu algum trauma com ele, desde um simples grito enquanto dirigia até um acidente mais sério", explicou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias