Compesa

Obra atrasa viagens de ônibus na Avenida Sul a partir de quinta

Serão três etapas de 165 metros de extensão cada, com previsão de término em 2017

JC Trânsito
JC Trânsito
Publicado em 01/11/2016 às 17:19
Google Street View
Serão três etapas de 165 metros de extensão cada, com previsão de término em 2017 - FOTO: Google Street View
Leitura:

Obra da Companhia de Saneamento de Pernambuco (Compesa) interdita parcialmente a Avenida Sul, no trecho de 495 metros, que vai do cruzamento com o Viaduto Capitão Temudo até o com a Travessa Padre Azevedo. Por isto, algumas linhas que trafegam pela Avenida ficarão no esquema pare e siga. As mudanças no tráfego do local têm início nesta quinta-feira (3).

A previsão para que a obra seja encerrada é o dia 31 de março de 2017. Serão três etapas de 165 metros de extensão cada, começando pelo Viaduto Capitão Temudo e seguindo em direção ao Centro do Recife. A intervenção acontece no sentido cidade/subúrbio, no corredor exclusivo de ônibus.

Confira as linhas que irão realizar o esquema pare e siga:

 

Linhas convencionais: 

 111 - Pinheiros

121 - Vila da Sudene

122 - Vila do Ipsep 

166 - TI Cajueiro Seco (Rua do Sol) 

167 - TI Tancredo Neves (IMIP) 

168 - TI Tancredo Neves (Conde da Boa Vista)

184 - Cabo (Bacurau) 

185 – TI Cabo 

191 - Recife/Porto de Galinhas (Nossa Sra. do Ó)

193 - TI Tancredo Neves (Príncipe) 

200 - Jaboatão

211 - Vila Tamandaré

212 - Jardim São Paulo 

214 - UR-02/Ibura (Opcional) 

221 - VILA Cardeal e Silva

222 - Jardim Uchoa

232 - Cavaleiro

242 - Pacheco

243 – Vila Dois Carneiros 

412 – San Martin (Largo da Paz)

 

Linhas Bacuraus: 

 131 - UR-02 (Bacurau)

145 - Alto Dois Carneiros(Bacurau)

146 - UR-11 (Bacurau) 

154 - Jordão (Bacurau) 

170 - Muribeca dos Guararapes (Bacurau) 

172 - Conjunto Marcos Freire (Bacurau)

233 - Cavaleiro (Bacurau)  

254 – Jaboatão (Bacurau) 

258 - Moreno (Bacurau)

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias