SERVIÇO

Saiba o que fazer ao perder a placa do carro

Perda da placa em alagamentos é comum mas rodar sem identificação rende multa de R$ 191,54 e até apreensão do veículo

JC Online
JC Online
Publicado em 31/05/2017 às 10:18
Guga Matos/Arquivo JC Imagem
Perda da placa em alagamentos é comum mas rodar sem identificação rende multa de R$ 191,54 e até apreensão do veículo - FOTO: Guga Matos/Arquivo JC Imagem
Leitura:

É muito comum ao atravessar vias alagadas perder a placa de identificação do veículo. Isso acontece porque o contato da água força os parafusos de fixação da placa, fazendo eles se soltarem. Quase sempre é a placa dianteira que se perde na enxurrada. “Rodar sem a placa é considerado infração gravíssima e o automóvel pode ser apreendido. A multa é de R$ 293,47”, esclarece Eder Waltter, gerente de registro de veículos do Detran - PE.

Quando vale a pena acionar o seguro do carro por causa das chuvas.

Assim que o motorista perceber que o carro está sem a identificação deve procurar uma unidade do Detran e pedir uma solicitação para confecção de uma nova placa. Não é preciso agendar o atendimento. O documento é pago e custa R$ 31,85. Com a solicitação, basta ir até uma das lojas credenciadas pelo Detran para confeccionar a nova identificação. A relação das lojas é entregue junto com a solicitação da placa ou pode ser consultada no site do Detran (www.detran.pe.gov.br). O preço médio que o comerciante pode cobrar pela placa dianteira é R$ 67,17. A placa traseira custa um pouco mais, R$ 116, porque inclui o lacre de segurança.

Apenas no caso da substituição da placa traseira é preciso fazer também uma vistoria do veículo no Detran,mesmo assim sem agendamento porque se trata de um atendimento de emergência. O Detran alerta para comerciantes que oferecem placas fora do padrão exigido. “A placa do veículo não pode ser mais pintada. Deve ter a película refletiva e ainda um código de barras que comprova a autenticidade da identificação”, explica Eder Waltter.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias