Transporte

Frente de Luta realiza novo protesto contra aumento de passagens

O ato ocorre em frente à sede da Secretaria das Cidades

JC Trânsito
JC Trânsito
Publicado em 19/01/2018 às 15:41
Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
O ato ocorre em frente à sede da Secretaria das Cidades - FOTO: Foto: Ashlley Melo/JC Imagem
Leitura:

*Com informações da repórter Margarette Andrea, do Jornal do Commercio

Integrantes da Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco realizam mais uma manifestação, na tarde desta sexta-feira (19), contra o aumento das passagens de ônibus na Região Metropolitana do Recife (RMR). O ato acontece em frente à sede da Secretaria das Cidades, que fica no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife, onde está sendo realizada uma reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM).

Com carro de som, os manifestantes seguram faixas com dizeres contrários ao aumento do valor das passagens e se revezam no microfone. A manifestação ocorre na Estrada da Batalha. Na manhã desta sexta, outros atos foram feitos. No Terminal Integrado do Barro, na Zona Oeste, manifestantes bloquearam o trânsito na BR-101. O protesto começou às 6h e foram utilizados pneus e entulhos para bloquear os dois lados da via.

No fim da manhã, a Frente de Luta também fez uma mobilização, desta vez na Avenida Guararapes, no bairro de Santo Antônio, no Centro do Recife.

Reunião

Na pauta da reunião estão a posse de novos conselheiros, a aprovação da resolução no 015/2017 para a criação de um grupo de trabalho para elaboração e execução da 3ª Conferência Metropolitana de Transportes e a prorrogação dos mandatos dos conselheiros representantes de usuários, estudantes e os que utilizam o transporte público gratuitamente.

O conselheiro do CSTM Márcio Morais, representante dos estudantes, disse que vai votar contra a prorrogação dos mandados, pois discorda da manobra do governo para legalizar o órgão. “É preciso haver eleição dos oito membros da sociedade civil. Vai ser criada uma comissão para organizar a próxima Conferência Metropolitana dos Transportes e não estamos representados, cadê o diálogo?”, diz. Segundo ele, haverá movimentos em terminais, avenidas e estações de metrô.

Aumento

O pedido do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) é de que o aumento no valor das passagens de ônibus seja de 11,02%. Com isso, o anel A (utilizado por mais de 80% dos passageiros) pularia de R$ 3,20 para R$ 3,55. Já o anel B sairia de R$ 4,40 para R$ 4,90; o D, de R$ 3,45 para R$ 3,85 e o G de R$ 2,10 para R$ 2,35.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias